terça-feira, 31 de maio de 2016

Como deixar sua conta Gmail de herança para contatos confiáveis

Há várias razões que podem justificar o encerramento de um email. E qual é destino, nesses casos, de todas as mídias compartilhadas, contatos estabelecidos e mensagens trocadas? Pois quem usa o Gmail não tem com o que se preocupar: através do sistema de gerenciamento, um endereço de confiança pode ser cadastrado para que um amigo ou familiar herde seus dados em caso de inatividade da conta.
Significa que, se o seu perfil não for acessado durante um determinado período, seu email será então bloqueado ou até mesmo excluído. Como efeito, o download de vários tipos de registros será liberado a contatos de confiança. Neste tutorial, você vai aprender a habilitar até 10 endereços de email a fazer o download dos seus dados. Confira a seguir quais tipos de conteúdo poderão ser baixados por seus amigos:
Publicidade
  • +1s;
  • Agenda;
  • Blogger;
  • Círculos do Google+;
  • Contatos;
  • Drive;
  • Email;
  • Favoritos;
  • Google Fotos;
Será possível selecionar os tipos de conteúdo que poderão ser baixados por contatos confiáveis.
  • Google Play Livros;
  • Grupos;
  • Hangouts;
  • My Maps;
  • Orkut;
  • Páginas do Google+;
  • Perfil;
  • Stream do Google+; e
  • YouTube
Veja como autorizar o backup de seus arquivos e ativar, ainda, a destruição completa dos seus dados pessoais em caso de inatividade de uma conta Gmail.

1 – Acesse as opções de gerenciamento

Faça o login junto da conta Gmail que deverá ser configurada e então acesse a página do Gerenciador de Contas Inativas (clique aqui). Em seguida, clique em “Configuração”.
Certifique-se de fazer o login em sua conta Gmail antes de acessar as configurações.

2 – Informe um número de celular

Será obrigatório informar seu número de celular para que o código dos alertas de segurança sejam posteriormente enviados. Para isso, clique em “Adicionar número de telefone celular” e, preenchida a ficha, então em “Enviar código de verificação”.
 
Será obrigatório informar um número de celular.
 
Informe o código de verificação e clique em "Confirmar".

3 – Tempo para definição da conta como inativa

O período de inatividade que deverá ser processado para o conseguinte encerramento da conta terá de ser definido em “Limite de tempo”. Clique sobre o botão de “Notificar contatos e compartilhar dados” e determine o tempo – o período será sempre contado a partir de último login.
Defina o limite de tempo com base no seu histórico de atividade junto da conta.

4 – Adicione contatos confiáveis

Agora, clique em “Adicionar contato confiável” para cadastrar até 10 endereços de email que, em caso de inatividade da sua conta, poderão fazer o download dos seus dados Gmail.
 
Será possível até mesmo enviar códigos de verificação aos seus contatos confiáveis.
Certifique-se de marcar a caixa “Compartilhar meus dados com este contato” para selecionar, em seguida, as informações que poderão ser baixadas. Nesta mesma tela, o número de celular do seu amigo poderá ser informado – os contatos cadastrados, assim, receberão uma notificação quando sua conta ficar inativa.
Selecione quais conteúdos poderão ser baixados por seus amigos nesta tela.

5 – Deixe uma mensagem ao herdeiro

Além de uma notificação via celular, uma mensagem de email poderá também ser enviada a herdeiro do seu legado digital. Para escrever a carta, basta finalizar o cadastro de contatos confiáveis.
As instruções para o download do conteúdo serão esmiuçadas por um link que acompanha sua mensagem.

6 – Elimine os rastros da sua conta inativa

Em caso de inatividade, todos os rastros da sua conta poderão ainda ser apagados. A exclusão acontece somente depois que os contatos confiáveis finalizam o download do conteúdo Gmail. Clique sobre a chave seletora, em “Como alternativa, exclua a conta” para ativar esta opção.
 
Nesta opção, a exclusão dos dados será realizada somente após o download do conteúdo por seu contato confiável.
Por fim, clique em “Ativar” para que as configurações ajustadas junto do gerenciador de contas possam ser aplicadas. Pronto! Agora, se você não fizer login durante um determinado período, sua conta será tida como inativa; todo o conteúdo salvo, porém, ainda poderá ser baixado por até 10 dos seus contatos confiáveis.


segunda-feira, 30 de maio de 2016

Como impedir visitantes de desligar o seu PC com Windows 10

 Desligar o Windows é algo muito simples, tanto que qualquer um pode fazer isso. O problema é que nem sempre você quer que qualquer usuário desligue o seu PC. Infelizmente, na configuração padrão do Windows o sistema funciona dessa forma e não exige nenhum privilégio para executar o desligamento - o que pode interromper downloads ou streamings.
Para dificultar ainda mais, o sistema não oferece nenhuma opção de configuração para o desligamento, nem no painel de controle ou no app “Configurações”. Mas existe uma forma de mudar isso e impedir que “visitantes” desliguem o seu PC com Windows, basta seguir os passos deste tutorial.
Windows 10 (Foto: Divulgação/Microsoft)Windows 10
A maneira mais fácil de evitar que os usuários possam desligar um PC com Windows 10 é usar o Editor de Diretiva de Grupo Local.
Passo 1. Para abrir o Editor, clique no menu Iniciar e digite gepedit.msc no campo de busca do Windows. Quando aparecer o aplicativo na listagem do menu, clique para executá-lo;
Executando o Editor de Diretiva de Grupo Local no Windows 10 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Executando o Editor de Diretiva de Grupo Local no Windows 10 
Passo 2. Na tela do programa, abra o item ”Configuração do Usuário”. Abra a opção “Modelos Administrativos “, e depois clique em “Menu Iniciar e Barra de Tarefas”;
Acessando as configurações do Menu Iniciar e barra de tarefas (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando as configurações do Menu Iniciar e barra de tarefas 
Passo 3. Dentro de  ”Menu Iniciar e Barra de Tarefas”, procure pelo item “Remover e impedir o acesso aos comandos Desligar, Reiniciar, Dormir e Hibernar”. Ao encontrá-lo, dê um clique duplo nele para editá-lo;
Acessando as configurações de acesso a opções de desligamento (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando as configurações de acesso a opções de desligamento
Passo 4. Na tela de edição, marque a opção “Habilitado” e depois clique no botão “OK”.
Ativando o bloqueio das opções de desligamento (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Ativando o bloqueio das opções de desligamento
Pronto! Agora que você mudou a configuração, sempre que um usuário tentar desligar o PC, o Windows exibirá uma mensagem de erro e não deixará que ele faça isso. Assim, só o administrador irá efetivamente desligar o sistema e você não vai correr o risco de pausar downloads na sua máquina.

leia também.
como atualizar a lista de servidores do emule.
como converter arquivos de texto para PDF.
como retirar vírus e spywares do PC.
como resolver problemas de travamento e desligamento do PC.
como fazer um site grátis.
como proteger pastas com senha.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Como fazer chamadas telefônicas pelo Snapchat

O Snapchat conseguiu reunir um público bastante amplo e variado — desde crianças até adultos estão se divertindo com a rede social. E talvez seja justamente por isso que o serviço anda se esforçando para prender todos esses diferentes perfis, ao implementar cada vez mais recursos em seu aplicativo para dispositivos móveis.
Recentemente, o programa foi atualizado e ganhou uma nova funcionalidade bem interessante: a partir de agora, você pode usar o Snapchat para realizar chamadas telefônicas e conversar em voz com seus amigos, sem gastar um único centavo por isso. As ligações são feitas por internet (VoIP), exatamente como acontece no WhatsApp, no Viber ou até mesmo no bom e velho Skype.
Publicidade
É muito simples utilizar o recurso. Tudo o que você precisa fazer é abrir uma conversa com o contato em questão (só é possível ligar para indivíduos que você já tenha adicionado à sua lista de amigos) e tocar no ícone do telefone. Na primeira vez que fizer isso, o Snapchat explicará que a chamada necessita de uma rede WiFi. Logo em seguida, o outro internauta receberá uma notificação de que alguém está ligando para ele.
É muito fácil fazer chamadas telefônicas pelo Snapchat
Seu colega terá duas opções: “Listen” (ele apenas você ouvirá você falando, sem ter a chance de responder) e “Join” (ele também poderá usar o microfone, e vocês dois estarão de fato tendo uma conversa). Obs.: caso seu amigo não esteja disponível para atender uma chamada, pressione e segure o ícone do telefone. Dessa forma, você poderá gravar uma nota de voz que ele poderá reproduzir posteriormente.

Leia também.
como saber quantos visitantes seu site ou blog teve.
como apagar um arquivo que não quer apagar.
como ativar o java script.
como colocar senhas nos arquivos do power point.
como retirar vírus do PC.
como converter arquivos PDF.


quinta-feira, 26 de maio de 2016

Como bloquear um número de celular no iphone 6 e 6s

 Os iPhone 6 e iPhone 6S contam com um recurso muito útil, que pode ajudar os usuários a garantir uma maior privacidade: o bloqueio de contatos. Com essa opção, é possível impedir que um número volte a te ligar. Assim, você não será mais incomodado por aquele amigo chato ou por alguém que você queira evitar.
Veja, no tutorial abaixo, o passo a passo de como realizar o procedimento nos tops de linha da Apple. Vale ressaltar que a função não é definitiva. Ou seja, caso você queira, será possível desbloquear o contato posteriormente. Além disso, esse tutorial também não impede que um número ligue para você por apps, como o WhatsApp.
Aprenda a bloquear um contato no iPhone 6 ou 6S (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)Aprenda a bloquear um contato no iPhone 6 ou 6S 
Passo 1. Em “Telefone”, toque na aba “Contatos”. Depois, escolha a pessoa que você deseja bloquear.
Escolha o contato que você deseja bloquear no iPhone (Foto: Reprodução/Lucas Mendes)Escolha o contato que você deseja bloquear no iPhone
Passo 2. Na página do contato, desça até encontrar a opção “Bloquear este Chamador”. Clique e, em seguida, confirme que você deseja bloqueá-lo.
Bloqueie o contato (Foto: Reprodução/Lucas Mendes)Bloqueie o contato
Para desfazer a ação, basta repetir o procedimento é selecionar “Desbloquear”, na página do contato.

Leia também.
como conseguir a chave de registro do AVAST 5 free.
como gravar imagens ISO
como fazer um site ou blog grátis.
como apagar um arquivo bloqueado.

como como resolver problemas de som no PC.
como saber qual modelo de sua placa mãe ou de vídeo.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Como transformar um celular velho em uma câmera de segurança

Sistemas de monitoramento são uma ótima solução para quem precisa ou quer garantir a segurança em casa ou no escritório de uma empresa. Porém, esse tipo de equipamento geralmente é bastante caro e não são todos que podem arcar com os custos de implementação. Contudo, se você tem um smartphone antigo, você pode utilizá-lo como uma câmera para monitorar o ambiente que você quiser.
Publicidade
Tudo o que você vai precisar de um smartphone com câmera, uma conexão estável com a internet e o Perch - Simple Home Monitoring, o aplicativo perfeito para criar um sistema de monitoramento caseiro. Existem diversos outros apps que realizam essa função, mas a nossa sugestão possui uma facildiade de uso incrível, oferecendo a alternativa ideal para quem não quer se preocupar demais em aprender com programas difíceis.

Configuração

Depois de instalado, a configuração do Perch é muito fácil. Após de cadstrar com um email e uma senha, conceda as permissões ao aplicativo e dê um nome para identificar posteriormente o dispositivo que está sendo usado como câmera. Coloque nomes como "casa", "escritório" ou outras opções que te ajudem a identificá-la rapidamente.
Na sequência, deixe a opção "Audio Recording" ligada para capturar o áudio do ambiente também – o que é indicado para aqueles que querem ouvir o que está acontecendo no ambiente – e certifique-se de que o smartphone está conectado à tomada e ao carregador. Clique em "Finish" e pocisione o smartphone onde você quiser monitorar.

Monitoramento

É nessa hora que o Perch se mostra um aplicativo realmente completo. O monitoramento pode ser realizado através de outro smartphone com o app instalado. É possível acompanhar toda a movimentação e até mesmo ativar o microfone para mandar mensagens em voz. 
No site oficial do serviço é possível ter acesso a ainda mais ferramentas. Dá pra agendar o monitoramento em determinado horário e até mesmo assistir às gravações ou acionar a câmera em tempo real. Mas o destaque vai para as zonas de alerta, pontos que são manualmente definidos e detectam a movimentação em frente a câmera.
Quando detecta algo, o Perch pode enviar uma notificação ou email avisando o dono do aparelho sobre o que está acontecendo. Essa é a ferramenta perfeita pra quem tem um smartphone velho e quer monitorar um ambiente fechado, como casas e escritórios, e ser avisado imediatamente sobre atividades estranhas.


Leia também.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Como compartilhar uma impressora com outros PCs em rede

Se você possui uma rede com vários computadores e somente uma impressora, saiba que é possível compartilhar o equipamento para que todas as máquinas possam utilizá-lo simultaneamente — e, para isso, não é sequer necessário que o gadget seja um modelo equipado com WiFi. Basta realizar algumas configurações simples no Windows 10 para que seus colegas de trabalho ou familiares passem a imprimir seus próprios documentos.
Primeiramente, acesse o Painel de Controle do computador que possui uma conexão direta com a impressora, e, na seção “Hardware e Sons”, clique em “Exibir impressoras e dispositivos”. Na tela seguinte, clique com o botão direito do mouse em cima do equipamento que deseja compartilhar, escolhendo a opção “Ver o que está sendo impresso” no menu de contexto.
Na janela que se abre, vá no menu “Impressora” e clique em “Compartilhamento”. Mais uma tela vai surgir. Nela, assinale a alternativa “Compartilhar esta impressora” e digite um “Nome de Compartilhamento” personalizado. Sugerimos que você informe algo simples de ser memorizado, pois é através desse título que os outros computadores em rede poderão localizar a multifuncional em um momento posterior.

 
 

Adicionando a impressora em outros PCs

Após compartilhar sua impressora, será necessário adicioná-la à lista de dispositivos conectados ao Windows nas outras máquinas em sua rede. Individualmente, vá em cada uma delas, entre no Painel de Controle e clique novamente em “Exibir impressoras e dispositivos”. Desta vez, porém, clique no botão “Adicionar uma impressora”, como exemplificado na imagem a seguir.
Clique em "Adicionar impressora"
Na tela seguinte, o sistema operacional fará uma varredura para detectar dispositivos compartilhados — e a multifuncional que acabamos de configurar deve aparecer na lista. Selecione-a e clique em “Avançar”.
Selecione o dispositivo assim que o Windows o detectar
Pronto! O Windows vai instalar os drivers (arquivos) necessários para o funcionamento do gadget, e em poucos minutos a impressora já estará pronta para ser usada normalmente.

Leia também.

como dividir um arquivo em partes.
como converter vídeos para RMVB.
como criar uma lista em ordem alfabética no Word.
como remover o Windows messenger do PC.
como ver um site como era antes.
 

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Como usar o Windows 7 USB/DVD Download Tool no seu PC

 Embora em versões mais recentes o Windows permite gravar imagens ISO em discos CD/DVD, não há nenhum recurso nativo do sistema para a criação de pendrives. Felizmente, o utilitário Windows 7 USB/DVD Download Tool resolve esse problema, pois oferece um assistente simples e intuitivo, que é muito útil para quem quer criar pendrives de instalação a partir de imagens ISO, mas não tem familiaridade com o processo. Mesmo sendo muito fácil de usar, ele não faz tudo sozinho. Por isso, veja nesse tutorial como usar o Windows 7 USB/DVD Download Tool no PC. Passo 1. Se você ainda não tiver o Windows 7 USB/DVD Download Tool, baixe ele a partir do TechTudo Downloads, instale e depois execute o aplicativo;
Baixando o Windows 7 USB/DVD via TechTudo Downloads (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Baixando o Windows 7 USB/DVD via TechTudo Downloads
Passo 2. Depois de iniciar o programa, clique no botão “Browse” para informar onde esta a imagem ISO que será gravada;
Clicando no botão Browse para procurar a imagem ISO (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Clicando no botão "Browse" para procurar a imagem ISO 
Passo 3. Na janela que aparece, vá para a pasta onde está a imagem ISO que você baixou e clique nela. Depois, clique no botão “Abrir”;
Selecionando a imagem ISO que será gravada no pendrive (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando a imagem ISO que será gravada no pendrive
Passo 4. De volta a tela inicial do programa, clique no botão “Next” para continuar o processo de criação da mídia de instalação;
Clicando no botão Next para continuar o processo (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Clicando no botão "Next" para continuar o processo 
Passo 5. Na tela seguinte, para selecionar qual pendrive será usado, clique no botão “USB Device”;
Clicando no botão USB Device para selecionar o pendrive (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Clicando no botão "USB Device" para selecionar o pendrive
Passo 6. Selecione o pendrive que será usado na gravação. Para começar o processo, clique no botão “Begin copying”;
Selecionando o pendrive onde será gravada a imagem ISO (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando o pendrive onde será gravada a imagem ISO
Passo 7. Depois disso, aguarde até que o processo de gravação esteja totalmente concluído;
Gravação da imagem ISO para o pendrive finalizada (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Gravação da imagem ISO para o pendrive finalizada
Pronto! Agora que você já criou o pendrive, quando quiser instalar o Windows, basta plugar ele na entrada USB e iniciar o PC usando ele.

Leia também.
como fazer um site grátis.
como atualizar os servidores do emule.
como fazer edição de áudio.
como baixar musicas do YouTube.
como baixar vídeos do YouTube.
como converter arquivos de texto para PDF.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Como criar logo de forma simples e rápida

Seja você dono de uma empresa multinacional ou apenas um micro empreendedor, o seu negócio precisa de uma logotipo. De acordo com a Wikipedia, um logo é uma assinatura institucional, a representação gráfica de uma marca. Essa identificação gráfica ajuda as pessoas a relacionar o seu serviço ou produto a uma marca. Quanto mais conhecido for um logotipo/serviço/produto melhores serão suas vendas e, em consequência, seus lucros!
É claro que as grandes empresas pagaram uma nota preta para agências de design produzirem sua logo e todo o material gráfico. Essas agências e profissionais em design gráfico são os mais indicados para desenvolver a sua logo. No entanto, caso você esteja começando e não tenha ainda condições financeiras para pagar por esse serviço, existe um site que produz logotipos e material gráfico a uma valor bastante acessível!

Crie logotipos gratuitamente

criar-logotipo-gratis-01
O site é o Logaster. Com ele você consegue criar logotipos, cartão de visita, envelope e papel timbrado. O Logaster oferece uma maneira simples e rápida de criar em questão de minutos designs para diversos itens. Seis milhões de usuários já experimentaram as vantagens de trabalhar com nosso serviço. Os logos que foram criados já apareceram em 167 países aplicados em tudo, desde cartões de visitas e papéis timbrados até outdoors e websites. Junte-se a nós também!
Para começar é bem simples! No menu superior, escolha o que você deseja criar.
criar-logotipo-gratis-02
Agora você vai colocar o nome da sua empresa e o ramo da mesma. Depois de preencher os campos, basta apertar o botão “Próximo”.
criar-logotipo-gratis-03
Nesse momento o site irá lhe apresentar diversos modelos de logos, com o nome que você escolheu e de acordo com o ramo de atividade da sua empresa. Basta você escolher a logo e apertar o botão “Próximo”.
criar-logotipo-gratis-04 Na próxima tela o site irá lhe mostrar como fica seu logotipo em diversos fundos e em cores diferentes. Também mostra o seu logotipo ficará aplicado em outros documentos, cartão de visita e etc.
criar-logotipo-gratis-06
Depois que você apertar o botão “Salvar”, será solicitado que você crie uma conta. Depois de fazer isso, você poderá usar sua logo normalmente. Poderá fazer o download em JPG, PNG ou PDF. No entanto, caso queira a mesma em tamanhos maiores, existe um preço que é aplicado para o serviço. Acesse este link e confira a lista de preços.

Leia também.
Como resolver erros do Skype.
Como remover o vírus sality.
Como recuperar o gerenciador de tarefas.
Como desativar as propagandas do Utorrent.
Como fazer cursos Online gratuitos.
Como converter vídeos para RMVB.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Como mudar cor, fonte e layout do Prompt de Comando do Windows 10

 Dentro do Prompt de Comando do Windows 10, última versão do sistema operacional da Microsoft, é possível alterar cores, fontes e layout. Toda essa mudança pode ser feita de forma simples e o pc fica do jeito que o usuário deseja. Se você costuma utilizar o Prompt de Comando do Windows, a versão que está no Windows 10 permite alterar diversos aspectos da interface para maior conforto na hora do trabalho. Passo 1. Clique no campo de pesquisa do Windows 10 e digite cmd, clique no resultado para abrir o Prompt de comando;
Acesse o Prompt de comando (Foto: Reprodução/André Sugai)Acesse o Prompt de comando 
Passo 2. Clique com o botão direito do mouse sobre a barra superior do Prompt e escolha a opção Propriedades;
Entre nas propriedades do Prompt (Foto: Reprodução/André Sugai)Entre nas propriedades do Prompt
Passo 3. Na aba Opções é possível customizar o tamanho do cursor, histórico de comandos, opções de edição e seleção de texto;
Opções do Prompt (Foto: Reprodução/André Sugai)Opções do Prompt
Passo 4. Na aba Fonte é possível alterar o tamanho da fonte usada e a fonte padrão;
Customizações de Fontes (Foto: Reprodução/André Sugai)Customizações de Fontes
Passo 5. Em Layout é possível alterar o tamanho do buffer de tela, tamanho da janela e posição;
Alteração de layout (Foto: Reprodução/André Sugai)Alteração de layout
Passo 6. Em Cores o usuário pode alterar a cor de texto na tela, tela de fundo, texto pop-up, tela de fundo do pop-up e opacidade da cor escolhida.
Opções de cores para o Prompt (Foto: Reprodução/André Sugai)Opções de cores para o Prompt 
Agora ficou fácil customizar o visual do Prompt de Comando no Windows 10 para deixá-lo da melhor maneira.

Leia também.
como baixar musicas do YouTube.

como colocar brushes no photoshop.
como mudar o idioma do hotmail.
como desinstalar o AVAST antivírus.
como aumentar a memoria virtual do PC.


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Como descobrir o IMEI de um celular Android roubado

 Saber o IMEI, uma espécie de número de identificação único do celular, pode ser útil para bloqueá-lo em caso de perda ou roubo. O usuário pode descobrir esta informação mesmo sem ter o aparelho em mãos: o código pode ser encontrado na caixa do celular e na nota fiscal de compra. Entretanto, a forma mais prática de localizar o IMEI de um celular Android perdido é por meio da sua conta Google
Com esse dado em mãos, você conseguirá solicitar o bloqueio do dispositivo junto à sua operadora para impedir que ele seja usado por outras pessoas. Além disso, você também pode informá-lo à polícia, que possui meios para rastrear o telefone. Confira a dica e aprenda a descobrir o IMEI de um celular Android roubado ou perdido.

Como descobrir o IMEI de um dispositivo Android remotamente
Passo 1. Acesse a página de gerenciamento de aplicativos do Google e, caso necessário, faça login em sua conta – a mesma que você usava em seu celular.
Passo 2. Em seguida, deslize até a seção “Android” e clique sobre o nome do sistema para exibir os detalhes dos aparelhos registrados em sua conta.
Clique sobre o local indicado (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Clique sobre o local indicado
Passo 3. Os dispositivos usados recentemente em sua conta serão listados logo abaixo. Por lá, você pode descobrir o IMEI de cada um dos celulares ou tablets que usou nos últimos anos.
Descobrindo o IMEI dos aparelhos usados com sua conta Google (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Descobrindo o IMEI dos aparelhos usados com sua conta Google (Foto: Reprodução/Helito Bijora)
O que é IMEI
O IMEI (International Mobile Equipment Identity ou Identificação Internacional de Equipamento Móvel, em português) é um código numérico único para cada aparelho celular (smartphone ou não) vendido no Brasil e no mundo. Essa identificação serve, principalmente, para bloquear o acesso do dispositivo às redes GSM em caso de furto ou extravio do telefone, tanto nas operadoras brasileiras, quanto no exterior.

Leia também.
como colocar senha nos documentos do word.
como utilizar o hijackthis.
como converter arquivos do word para PDF.
como cadastrar seu site nos mecanismos de busca como yahoo, google.
como colocar senha nos documentos do powerpoint.
como utilizar o photoshop gratuitamente.

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.