sexta-feira, 17 de julho de 2015

Como converter qualquer tipo de arquivo

Conversor de arquivos
Não importa o seu perfil de usuário: a verdade é que nos tempos de hoje, mais cedo ou mais tarde, qualquer pessoa esbarra na necessidade de converter um arquivo de um formato para outro. Nunca estivemos tão íntimos dos arquivos que carregamos conosco, seja no notebook, no smartphone ou tablet, e a verdade é que, dependendo dos aparelhos que temos ou do trabalho que desempenharemos, uma hora ou outra surge a necessidade de converter algo para um determinado formato.
Tem um PC com Windows e quer passar aquele filme que baixou para curtir durante a viagem no seu iPad? Então é praticamente certo que você precisará convertê-lo. Precisa enviar uma imagem por formulário que só aceita em um formato específico? Então é quase certo que você terá que convertê-la do formato JPG. Tem todas suas músicas em formato FLAC e seu smartphone só aceita MP3? Mais uma vez, lá vem a necessidade de um conversor.
São inúmeras as soluções que existem por aí, mas nem todas cumprem com o que propõem. Para lhe ajudar nessa tarefa e torná-lo mais produtivo, separamos uma lista com os melhores programas do gênero separados por categoria (áudio, vídeo e imagem). No final ainda temos duas indicações de verdadeiros "faz tudo" para você que quer ter tudo em um só software.

Converter arquivos de áudio 

É quase impossível encontrar alguém que não goste de música e não tenha em seu smartphone algumas dezenas de canções dos seus artistas e bandas favoritos. E quem é apaixonado por música certamente tem seu formato favorito - e é aí que começa a ciranda de conversões.
Seja para trabalhar ou apenas curtir sua música favorita num formato específico, contamos com um número quase infinito de opções disponíveis na internet. Apesar disso, merecem destaque o MediaHuman Audio Converter e o Foobar2000.
O MediaHumam Audio Converter preza pela simplicidade para cumprir seu objetivo com eficiência. Basta adicionar os arquivos de áudio a serem convertidos numa fila, selecionar o perfil de conversão e iniciar o processo
O MediaHumam Audio Converter preza pela simplicidade para cumprir seu objetivo com eficiência. Basta adicionar os arquivos de áudio a serem convertidos numa fila, selecionar o perfil de conversão e iniciar o processo. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech) 
Ambos oferecem suporte aos mais variados formatos e prezam pela simplicidade para concluir seu objetivo: converter arquivos musicais. Tanto no Audio Converter quanto no Foobar2000, você poderá converter seus arquivos AAC, FLAC, MP3, OGG, WMA e WAV de um para outro formato e em lotes. Portanto, nada de ficar esperando a conversão do primeiro arquivo terminar para escolher o segundo e dar início ao processo novamente - aqui você seleciona todos e os despacha para conversão de uma só vez.
O Foobar2000 também preza pela simplicidade. Diferente do Audio Converter, ele escaneia sua biblioteca de músicas e já as apresenta numa listagem, bastando selecionar as que serão convertidas
O Foobar2000 também preza pela simplicidade. Diferente do Audio Converter, ele escaneia sua biblioteca de músicas e já as apresenta numa listagem, bastando selecionar as que serão convertidas. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech) 
O Foobar2000 talvez se destaque mais por oferecer suporte a plugins e encoders, que expandem seu leque de formatos suportados e abre a possibilidade do usuário trabalhar com formatos mais obscuros.

Converter arquivos de vídeo 

Não há como negar que o topo da lista dos arquivos multimídia atualmente é ocupado pelos vídeos. Sucesso absoluto graças ao surgimento de plataformas como o YouTube, são eles que vêm dominando a preferência de muitos usuários, que cada vez mais exploram a produção independente de conteúdo.
Se você é um desses aventureiros, certamente já se deparou com a necessidade de converter um arquivo para um determinado formato para poder utilizá-lo em seu software de edição. Se esse não é bem o seu caso e você só quer curtir seu filme favorito baixado no computador no seu dispositivo portátil, também pode se ver obrigado a trabalhar com uma das ferramentas indicadas a seguir.
O Handbrake apresenta uma interface bastante organizada, com seções separadas por abas. Nelas, é possível fazer vários ajustes para o arquivo de saída ficar do jeito que você quer
O Handbrake apresenta uma interface bastante organizada, com seções separadas por abas. Nelas, é possível fazer vários ajustes para o arquivo de saída ficar do jeito que você quer. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
Uma das opções mais bacanas, intuitivas e limpas que existe é o Handbrake. O app é extremamente popular entre a comunidade de legenders e, embora pareça simples no primeiro contato, consegue lidar com os mais variados formatos disponíveis na internet. A grande vantagem é que ele serve não só para quem tem Windows, mas também para quem trabalha com Linux e Macintosh.
Outra alternativa atraente é o Freemake Video Converter, que atende às necessidades sobretudo daqueles que trabalham com formatos menos populares. A grande sacada aqui é que ele já possui uma lista com predefinições de conversão com base no gadget que você pretende rodar o arquivo. Quer curtir aquele filme no seu PlayStation? Basta selecioná-lo no perfil de conversão. Xbox? Também tem. PS Vita? Também está lá. Ao todo, são mais de 300 formatos de vídeo, áudio e imagem suportados para facilitar sua vida.
No Freemake Video Converter o usuário escolhe que tipo de arquivo quer converter (ele também oferece suporte a áudio, DVD, imagem e YouTube) e o formato de saída. O grande diferencial é a lista de perfis pré-definidos, que apresenta características diferentes com base no dispositivo de reprodução
No Freemake Video Converter o usuário escolhe que tipo de arquivo quer converter (ele também oferece suporte a áudio, DVD, imagem e YouTube) e o formato de saída. O grande diferencial é a lista de perfis pré-definidos, que apresenta características diferentes com base no dispositivo de reprodução. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)

Converter imagens 

As imagens já estão aí há bem mais tempo que os arquivos de áudio e vídeo, e podemos dizer que elas representam a vanguarda dos arquivos multimídia. Mesmo assim, isso não significa que elas são menos importantes - pelo contrário. Há uma infinidade de pessoas que trabalham com esse tipo de arquivo diariamente, mas nem todas sabem utilizar softwares poderosos como o Adobe Photoshop para tarefas simples como conversão de uma foto JPG para outro formato e vice-versa. Se esse é o seu caso, as dicas a seguir irão salvá-lo.
Se sua necessidade é apenas converter arquivos de imagem para um formato específico, o XnConvert deve resolver o caso. O software preza pela simplicidade e deixa edição e outros recuros menores de lado para cumprir com seu objetivo de forma rápida. A conversão pode ser feita em lotes, o que significa que você pode pegar aquelas mil fotos da sua viagem de férias e comprimi-las num formato específico antes de despachá-las para seus amigos.
O XnConvert faz o feijão com arroz da conversão de imagens. Selecione as imagens que serão convertidas, coloque-as numa lista, defina o formato de saída e pronto
O XnConvert faz o feijão com arroz da conversão de imagens. Selecione as imagens que serão convertidas, coloque-as numa lista, defina o formato de saída e pronto. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
Já se você está procurando algo além da conversão de imagens, o IrfanView pode ser sua melhor opção. Este software aparece como um simples visualizador de imagens, mas a verdade é que há muito mais escondido na interface dele. Com algum esforço, você logo encontra opções de edição e ajuste de imagens, podendo alterar a tonalidade, brilho e contraste das suas fotos preferidas. Também é possível redimensionar e cortá-las da maneira que você quiser.
O IrfanView se apresenta como um mero visualizador de imagens, mas esconde ferramentas de conversão, edição e retoque de imagens. Uma valiosa ferramenta para quem procura essas características sem as complicações de um Photoshop da vida
O IrfanView se apresenta como um mero visualizador de imagens, mas esconde ferramentas de conversão, edição e retoque de imagens. Uma valiosa ferramenta para quem procura essas características sem as complicações de um Photoshop da vida. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
Como se não fosse suficiente, o IrfanView também executa conversões em lotes - uma verdadeira mão na roda para quem trabalha com grandes quantidades de imagens diariamente.

Converta qualquer arquivo 

Se você precisa de mais de um desses softwares indicados acima, então talvez o ideal seja ter instalado no seu computador um software "tudo-em-um" que trabalha com pelo menos dois tipos de arquivo e é capaz de convertê-los para os mais variados formatos. Se você tem essa necessidade, talvez seja válido baixar uma das opções abaixo.

Konvertor FM 

À primeira vista, o Konvertor FM é desengonçado e sua interface não ajuda muito os marinheiros de primeira viagem. Contudo, com um pouco de persistência, esta ferramenta pode se transformar na sua melhor companhia na hora de converter os mais variados tipos de arquivo.
A grande sacada do Konvertor FM é que ele funciona como um gerenciador de arquivos e dispõe de uma infinidade de ferramentas. Para conversão em si, basta encontrar o arquivo desejado, clicar com o botão direito sobre ele e selecionar
A grande sacada do Konvertor FM é que ele funciona como um gerenciador de arquivos e dispõe de uma infinidade de ferramentas. Para conversão em si, basta encontrar o arquivo desejado, clicar com o botão direito sobre ele e selecionar "Convert to" no menu suspenso. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
O grande segredo é que o Konvertor FM possui uma série de conversores embutidos. Isso significa que você não precisará ficar por aí procurando encoders ou penduricalhos para fazer o software funcionar e converter aquele arquivo com formato bem obscuro que você tem guardado aí no seu computador. Graças a essa característica, o programa é capaz de converter arquivos de áudio, vídeo, imagem, ícone e tantos outros. Além disso, ele conta com uma lista com perfis de conversão, o que facilita o processo para aqueles que têm como objetivo executar o arquivo em um dispositivo em específico.
Feito isso, o programa exibe uma tela com várias opções de formato de saída. Basta selecionar um deles e confirmar a operação para dar início ao processo. Vale a pena frisar que as opções mudam de acordo com o formato original selecionado
Feito isso, o programa exibe uma tela com várias opções de formato de saída. Basta selecionar um deles e confirmar a operação para dar início ao processo. Vale a pena frisar que as opções mudam de acordo com o formato original selecionado. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
Se tudo isso não for suficiente para convencê-lo a baixar o Konvertor FM, saiba que ele disponibiliza algumas ferramentas de edição para que você possa ajustar aquela música ou imagem de acordo com o seu gosto antes de convertê-la. Bacana, não é mesmo?
  • Download: Konvertor FM 
  • Formatos suportados: inúmeros, impossível de listar 

Format Factory 

Grande preferido do público, o Format Factory não poderia ficar de fora desta lista. O segredo para tamanha popularidade é uma interface limpa e de fácil compreensão, que ajuda o usuário em todas as etapas do processo de conversão de qualquer que seja o arquivo que ele quer converter. E essa é outra característica marcante do Format Factory.
Um dos grandes diferenciais do Format Factory é sua interface objetiva. Basta selecionar o formato de saída do arquivo a ser convertido para iniciar todo o processo
Um dos grandes diferenciais do Format Factory é sua interface objetiva. Basta selecionar o formato de saída do arquivo a ser convertido para iniciar todo o processo. (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
Aqui o usuário tem a sua disposição os mais variados tipos de arquivo, também podendo trabalhar diretamente com CDs, DVDs e até mesmo arquivos ISO. O programa ainda conta com um mixador que permite os mais aventureiros unir arquivos de áudio e vídeo em um único arquivo - algo interessante, sobretudo para os curiosos. Para desfrutar delas, basta indicar o ponto inicial de junção no final de um arquivo e no início de outro e pronto, o software faz o restante do serviço automaticamente, sem dores de cabeça para você.
Apesar de toda essa versatilidade, o usuário tem que ter bastante cuidado durante a instalação do Format Factory. Infelizmente, como uma boa parte dos softwares gratuitos da atualidade, ele oferece um punhado de adwares e programas desnecessários durante o download, o que pode acabar passando despercebido pelos mais desatentos. Portanto, fique de olho e recuse qualquer instalação adicional nesse sentido.
Depois de selecionar o formato de saída, esta janela solicita que o usuário adiciona arquivos à lista de conversão. Selecionado o arquivo, ainda é possível realizar alguns ajustes em
Depois de selecionar o formato de saída, esta janela solicita que o usuário adiciona arquivos à lista de conversão. Selecionado o arquivo, ainda é possível realizar alguns ajustes em "Configurações de Saída" antes de começar o processo clicando em "OK". (Foto: Sérgio Oliveira/Canaltech)
Fora isso, o Format Factory funciona muito bem, é bastante objetivo e não há mistério para utilizá-lo. Escolha o formato de saída do arquivo que você quer converter no menu à esquerda e indique qual arquivo será convertido para dar o pontapé inicial. Sem complicação ou enrolação.
  • Download: Format Factory 
  • Formatos suportados: Os mais populares de áudio, vídeo e imagem 

Nenhum comentário:

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.