quarta-feira, 29 de abril de 2015

Como com 5 aplicativos compartilhar a área de transferência entre Windows e Android

Compartilhar área de transferência
Muitas vezes, o smartphone ou tablet se torna uma extensão do seu computador (e vice-versa). Logo, não seria interessante se você pudesse compartilhar a área de transferência entre os dispositivos?
A área de transferência nada mais é do que o local no qual um item fica armazenado quando você copia uma informação usando a função “Copiar” ou a combinação Ctrl + C. Depois, você replica tal dado em outro lugar usando a função “Colar” — ou o atalho Ctrl + V. Pare e pense quantas vezes você já pensou o quão útil seria poder copiar algo no Windows e colar no Android — ou então fazer o caminho inverso. Pois isso é perfeitamente possível e existem inúmeros aplicativos capazes de oferecer tais recursos.
Fizemos uma seleção com cinco dos melhores. Veja abaixo.

1. Pushbullet

Compartilhar área de transferência
O Pushbullet tem uma proposta bem ampla quando o assunto é integrar um sistema portátil a um sistema operacional convencional. Seu trabalho principal é replicar na tela do computador as notificações que você recebe no celular, permitindo assim o atendimento de chamadas pelo PC e o envio de arquivos entre os dois dispositivos. Além disso, uma das funções do Pushbullet é compartilhar a área de transferência, criando um “copie e cole universal”. Ele conta com versões para Android, iOS, Windows Mac e ainda possui extensões para os principais navegadores da atualidade.

2. AirDroid

Compartilhar área de transferência
Em vários aspectos, o AirDroid pode ser chamado de principal concorrente do Pushbullet, mas ele apresenta funções ainda mais avançadas e você pode gerenciar o Android por completo diretamente do PC usando este serviço. Com ele, é possível responder a chamadas pelo computador, trocar arquivos, visualizar o conteúdo do dispositivo e muito mais. Obviamente, para estar nesta lista, ele também conta com a função de compartilhar a área de transferência do Windows ou do Mac com o seu Android. E tudo isso sem precisar de instalação no PC: basta acessar uma página, fazer login e pronto.

3. ClipSync

Compartilhar área de transferência
Com o ClipSync, você precisa baixar as versões para Android e Windows, instalar as duas e então colocá-las em contato. Depois disso, tudo fica mais simples e a área de transferência de um dispositivo pode ser acessada rapidamente pelo outro, facilitando a troca de informações. Não é preciso fazer qualquer tipo de cadastro e a configuração é rápida. Lembre-se de que ambos os aparelhos precisam estar conectados na mesma rede para a operação funcionar corretamente.

4. Clipbrd

Compartilhar área de transferência
Clipbrd é a opção mais simples desta lista, funcionando por meio de uma extensão para o Chrome, mas que trabalha até mesmo quando o navegador do Google está fechado. Assim, você tem um meio rápido e direto de compartilhar a área de notificação entre o Android e o Windows, sem precisar de muitas configurações. Como ele é bem básico, talvez faltem alguns recursos mais interessantes. Isso significa que o Clipbrd é útil para compartilhar a função de copiar e colar, mas nada além disso. Se você quer algo mais completo, é melhor experimentar uma das três opções indicadas anteriormente.

5. Clipbox

Compartilhar área de transferência
O Clipbox tem um excelente apelo visual, e no Android faz parecer que vários adesivos estão colados em sua tela. Apesar disso, o serviço ainda se mantém discreto e permite integrar a área de transferência da plataforma mobile com o Windows. Este serviço realiza tal tarefa por meio de extensões que você deve instalar nos navegadores. Ele conta com versões para Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome, Opera e Safari — e, em breve, vai contar com uma versão para iOS.

Nenhum comentário:

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.