sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Como instalar a versão light do Facebook para Android

Facebook Lite
O Facebook lançou nesta segunda-feira (26) uma versão mais leve do seu aplicativo para Android dedicada aos usuários que possuem uma conexão de internet mais lenta. Muito embora ainda não tenha sido disponibilizado na Play Store brasileira, é possível ter o chamado Facebook Lite no seu celular hoje mesmo. Veja como:

Passo 1

Primeiramente, baixe este arquivo APK. Se o download foi feito no computador, ele precisa ser transferido para o seu celular através de um cabo USB. Escolha a pasta desejado e mova o arquivo.

Passo 2

Em seguida, já no celular, acesse as configurações, vá até "Segurança" e deixe marcada a opção "Fontes desconhecidas" para que o Android permita a instalação de aplicativos que vêm de fora da Play Store.

Passo 3

Agora é preciso escolher algum programa de gerenciamento de pastas para instalar no seu smartphone. Entre as sugestões estão o Astro File Manager e o ES File Explorer. Eles permitem que o usuário acesse as pastas do celular em que estão os aplicativos como o Facebook Lite. Depois que um desses programas estiver instalado, basta abrir o app com o arquivo "facebook_lite.apk";

Passo 4

Agora basta fazer o login no Facebook para começar a usar a versão light do Facebook. Lembrando que não é preciso desinstalar o aplicativo padrão da rede social - ambos podem funcionar simultaneamente.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Como desativar a reprodução automática no Windows

Toda vez que um dispositivo removível é conectado ao computador, o Windows oferece opções de reprodução automática ou até a inicia caso tenha uma padrão. Com o tutorial abaixo você aprenderá a como desativar a reprodução automática no Windows.

Como desativar a reprodução automática no Windows

Primeiro, acesse o painel de controle com o Windows+X e ao clicar em Painel de Controle.
desativar a reprodução automática
Dentro dele escolha Hardware e Sons e clique em Reprodução automática.
desativar a reprodução automática
Na parte superior haverá a opção Usar Reprodução automática em todas as mídias e dispositivos. Ao desmarcá-la, a reprodução automática estará desativada. Há outras maneiras, porém, de desativá-los de acordo com configurações específicas.
Se você quer apenas que a reprodução automática funcione para alguns tipos de arquivos ou tipos de dispositivos, clique no desejado, altere para as opções disponíveis ou desative com Nenhuma ação.
desativar a reprodução automática
Há uma terceira maneira, fazer com que o Windows nunca se lembre da opção de reprodução automática. Ótimo para um momento você escolher por descuido e não ter de recorrer ao painel de controle para resolver o problema.
Para isso, você precisará acessar o Editor de políticas de grupo local. Você pode encontrá-lo com a busca do Windows (Windows+S) ao digitar Editar política de grupo.
desativar a reprodução automática
Alternativamente é possível usar o executar (Windows+R) e digitar gpedit.msc.
desativar a reprodução automática
Em configuração do computador, acesse Modelos administrativos -> componentes do Windows -> Políticas de Reprodução Automática.
Dentro dele, clique duas vezes em Impedir que a reprodução automática lembre as escolhas do usuário.
desativar a reprodução automática
Altere a opção Não configurado para Habilitado e clique em OK. Pronto! Agora o Windows não lembrará a opção.
desativar a reprodução automática
O editor de política de grupo local também permite desativar completamente a reprodução automática. Basta clicar em Desativar reprodução automática e alterar para Habilitado da mesma maneira que fez com as escolhas do usuário.

Leia também.
como baixar musicas do YouTube.
como converter arquivos de áudio.
como atualizar os servidores do emule.
como utilizar o hijackthis para remover vírus do PC.
como converter arquivo de texto para PDF.
como remover o Windows genuine advantage.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Como desligar reinicialização automática do Windows Update

Algumas atualizações do Windows requerem com que o computador seja reiniciado e o usuário pode ser pego desprevenido. Isso pode causar frustração com trabalho perdido, ainda mais se estiver longe do computador. Este tutorial apresentará o passo-a-passo para desligar a reinicialização automática no Windows 8 / 8.1.

Como desligar reinicialização automática do Windows Update

Você tem dois modos de desativar isso: Pelo Editor de política de grupo local ou com a ajuda do Editor de registro do Windows. Independentemente do modo de fazer, o resultado será o mesmo. Em ambos os casos é preciso uma Conta de administrador para efetuar as alterações.
Editor de política de grupo
Acesse o Editor de política de grupo local com a Busca do Windows (Windows+S).
desligar reinicialização automática
Você também pode acessá-lo ao digitar no Executar (Windows+R) gpedit.msc.
desligar reinicialização automática
Dentro dele vá em Configuração do computador -> Modelos Administrativos -> Componentes do Windows e Windows Update.
Na janela direita encontre a opção Não há reinicializações automáticas para usuários conectados, referentes às instalações de atualizações automáticas agendadas. Clique duas vezes nela.
desligar reinicialização automática
Altere para Habilitado.
desligar reinicialização automática
Isso fará com que o Windows só instale essas atualizações no momento que a máquina for reiniciada ou desligada. Enquanto houver um usuário com o logon ativo, isso não ocorrerá.
Editor de registro
Como apontado antes, o editor de registro resultará no mesmo efeito. Caso não tenha usado o Editor de política de grupo local, utilize esse método.
Acesse o Editor de registro do Windows ao abrir o executar (Windows+R) e digitar regedit.exe.
Navegue até HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Policies\Microsoft\Windows. Verifique se existe a pasta WindowsUpdate e dentro dela a pasta a AU.
No caso da pasta não existir, clique em cima da pasta Windows e escolha Nova -> Chave e nomeie-a como WindowsUpdate.
desligar reinicialização automática
Faça o mesmo na pasta WindowUpdate (Nova -> Chave) e crie a pasta AU.
desligar reinicialização automática
Dentro dela, clique com o botão direito, vá em Novo valor -> DWORD (32-bit) e coloque o nome de NoAutoRebootWithLoggedOnUsers.
desligar reinicialização automática
Clique duas vezes nele e altere o valor de 0 para 1
desligar reinicialização automática
Caso a pasta já exista, basta adicionar o valor DWORD. Feche o registro do Windows para que as configurações sejam aplicadas.

Leia também.
como colocar senha em arquivos ZIP.
como ver um site como ele era antes.
como ver o céu com Stellarium.
como mudar a fonte do Windows Vista.
como melhorar o desempenho do Windows Vista.
como aumentar e colorir legendas.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Como criar um céu estrelado no Photoshop

Quer dar um pouco mais de vida a imagens noturnas? Crie um céu estrelado no Photoshop com o tutorial abaixo.

Como criar um céu estrelado no Photoshop

A imagem que será usada para o tutorial é a seguinte:
céu estrelado no Photoshop
Abra-a no Photoshop e aperte Ctrl+Shift+N para criar uma nova camada acima da camada background.

Vá em
Edit -> Fill e escolha a opção Black. A imagem então será toda preenchida por preto.

céu estrelado no Photoshop
Com isso feito, clique em Filter -> Noise -> Add noise e use as configurações abaixo.
céu estrelado no Photoshop
O segundo efeito que deve ser usado é o Gaussian Blur, disponível em Filter -> Blur. Aplique a seguinte configuração.
céu estrelado no Photoshop
A imagem ficará da seguinte forma:
céu estrelado no Photoshop

Com isso feito, duplique a camada Background e desative a camada dos efeitos.

A partir desse momento você precisará selecionar o céu da foto. Você pode fazer isso de três maneiras: Quick Mask, Lasso Tool ou Magic Wand.
Para a Quick Mask, acessível no ícone demarcado abaixo, toda a área que você pintar com o Brush (atalho:B) ficará demarcado em vermelho. Ao desativa-la a área se transformará em uma seleção
céu estrelado no Photoshop
Já o Lasso Tool (Atalho:L) permite usar o botão esquerdo do mouse para criar uma seleção. Pressione e segure o botão esquerdo enquanto contorna a área desejada.
céu estrelado no Photoshop
Por fim a Magic Wand (Atalho:W) faz uma seleção baseada na área que você clicar. Para mais de uma área, mantenha o Shift pressionado. Das três maneiras é o menos preciso, use apenas quando não existem muitos objetos na tela.
céu estrelado no Photoshop
No exemplo do tutorial foi usado a Quick Mask para a seleção.
céu estrelado no Photoshop
Quando a seleção estiver pronta, vá para a camada onde os efeitos foram aplicados e clique no ícone de Quick Layer Mask.
céu estrelado no Photoshop
Isso criará uma camada de máscara que esconderá todos os elementos exceto o presentes na seleção. Caso tenha feito correto, o resultado será esse:
céu estrelado no Photoshop
Selecione a camada do efeito e aperte Ctrl+L para abrir a janela de Levels. Essa janela permite que você ajuste a gama de tons e a intensidade de três categorias. Sombras, meio-tons e destaques.
céu estrelado no Photoshop
Para esse tutorial você irá alterar a seta preta, localizada no canto esquerdo. Movimente-a para próximo do centro, como mostrado no exemplo.
céu estrelado no Photoshop
Isso tornará as sombras mais escuras e consequentemente menos estrelas na tela. Observe como ficará:
céu estrelado no Photoshop
Clique em OK para aplicar. Por fim, altere o estilo de camada de Normal para Screen.
céu estrelado no Photoshop
Esse é o resultado final do tutorial:
céu estrelado no Photoshop 

Leia também.
como colocar senha em arquivos ZIP.
como ver um site como ele era antes.
como ver o céu com Stellarium.
como mudar a fonte do Windows Vista.
como melhorar o desempenho do Windows Vista.
como aumentar e colorir legendas.


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Quatro maneiras de tornar o Outlook 2013 mais rápido

Com o uso constante do Outlook 2013, novos add-nos adicionados, é possível que o programa comece a apresentar lentidão na inicialização ou durante o uso. O tutorial abaixo oferece quatro dicas para acelerá-lo.

Tornar o Outlook 2013 mais rápido

Desabilite suplementos não usados.
Assim como um navegador, um aplicativo do Office ou qualquer outro programa que aceite suplementos (add-ons), o uso de muitos ao mesmo tempo diminui o desempenho do Outlook 2013. Caso tenha um suplemento que não usa mais, desative-o.
Para isso, vá em Arquivo -> Opções -> Suplementos. Na parte inferior, escolha gerenciar suplementos de COM e clique em Ir.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Desmarque as caixas de suplementos não mais usados. Os que normalmente afetam o desempenho durante a inicialização estão marcados como Carregar ao inicializar na parte Comportamento do carregamento.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Torne arquivos PST compactos
Arquivos PST são usados para armazenar dados como contatos, e-mail e todo o tipo de informação de uma conta no Outlook. Com o passar do tempo, a quantidade dados aumenta e isso também pode prejudicar o desempenho. Compactar o arquivo pode ajudar a reduzir esse impacto.
Clique com o botão direito em cima do nome da conta e vá em Propriedades de arquivos de dados.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Na janela que será aberta, clique em Avançado
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Por fim, clique em Compactar agora.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Arquive e-mails
Imagine o seguinte caso: Você tem uma conta de e-mail na qual recebe mais de 50 e-mails por dia. Em uma semana esse número sobe para 350 e-mails. Em um mês isso chegará a 1500. Caso não tenha uso para esses e-mails, configure o auto-arquivar do Outlook 2013.
Vá na caixa de entrada e clique em Propriedades.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Na guia AutoArquivar, marque a opção Arquivar essa pasta usando estas configurações. Você pode fazer com que os e-mails sejam enviados para outro arquivo PST em separado.
Para isso, escolha Mover itens antigos para e clique em procurar para definir onde o arquivo será salvo.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Caso não os queira mais, escolha a opção Excluir itens antigos permanentemente.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Remova e-mails com anexos grandes
E-mails com anexos grandes também estão diretamente ligados ao tamanho do arquivo PST. Em conjunto com muitos e-mails recebidos, basta alguns com anexos de 25MB para que o arquivo PST chegue até 1GB em pouco tempo. Isso é a receita básica para prejudicar o desempenho.
A maneira mais rápida de ver os maiores e-mails na conta é criar uma Pasta de pesquisa.
Na guia pasta, escolha Nova Pasta de pesquisa.
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Na opção Selecione Uma pasta de pesquisa, altere para E-mails grandes. Na parte inferior você deverá definir qual o tamanho mínimo para o e-mail. Clique em Escolher para alterar.
No caso do exemplo, foi definido que será mostrado na pasta e-mails com mais de 1mb (1000kb).
tornar o Outlook 2013 mais rápido
Clique em OK e a pasta de pesquisa então listará todos os e-mails que se encaixam no filtro. Uma dica valiosa é optar por usar serviços de armazenamento em nuvem na hora de enviar anexos com tamanhos maiores do que 5MB.

Leia também.
Como resolver erros do Skype.
Como remover o vírus sality.
Como recuperar o gerenciador de tarefas.
Como desativar as propagandas do Utorrent.
Como fazer cursos Online gratuitos.
Como converter vídeos para RMVB.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Como criar seu próprio Menu Iniciar no Windows 8

Windows 8
O Windows 8 sempre foi tido como um sistema operacional polêmico por ter trazido diversas novidades aos usuários e mudar a maneira como eles utilizam os seus computadores. Entre essas novas características, por exemplo, está a utilização de aplicativos em um formato diferente e até mesmo a organização de softwares naquelas “pastilhas” – formalmente chamadas de tiles.
Contudo, o que mais chamou a atenção (e também irritou) o público em geral foi a falta do famoso Menu Iniciar, aquele utilizado para acessar programas e diferentes diretórios do computador. Por conta disso, todos que atualizaram o sistema para o Windows 8 se viram obrigados a aprender a usar o PC através da Tela Iniciar, resultando em uma utilização truncada e estranha.
Se até hoje você acha estranho utilizar o sistema e sente falta do Menu Iniciar, fique calmo que há alternativas não só de terceiros, mas dentro do próprio Windows 8 que podem sanar as suas necessidades. Confira abaixo como criar uma alternativa ao Menu Iniciar sem utilizar nenhum programa de terceiros.

Um atalho para facilitar a sua vida

Assim como é feito nas outras versões do sistema operacional da Microsoft, vá até a sua Área de Trabalho. Em um espaço limpo, clique com o botão direito do seu mouse e, na janela que aparecer, escolha a opção “Novo” e depois “Atalho”.
Atalho Menu Iniciar
Uma janela flutuante vai aparecer, sendo necessário preencher a área em branco com o diretório de destino do seu atalho. Para isso, utilize o termo a seguir (sem as aspas): “C:\Windows\explorer.exe shell:::{2559a1f8-21d7-11d4-bdaf-00c04f60b9f0}”. Por fim, dê um nome ao botão (pode ser Iniciar) e confirme a operação.
Atalho Menu Iniciar
Agora, sempre que você clicar neste atalho, ele vai direcionar você para uma área do seu computador em que é possível fazer pesquisas por pastas e que guarda todos os seus softwares - o que é bastante semelhante com o Menu Iniciar.

Uma mudança cosmética

Você poderia encerrar o seu trabalho por aqui, mas ainda é possível tornar a utilização deste atalho ainda mais natural. Nesta nova etapa, comece mudando o ícone do atalho. Para isso, clique com o botão direito no mouse sobre ele e, no menu que abrir, escolha a opção “Propriedades”.Atalho Menu Iniciar
Assim como mostra a imagem acima, na aba “Atalho”, há um botão para trocar o ícone e é nele que você deve clicar. Uma série de opções vai aparecer e você pode escolher a imagem que preferir (ela nem precisa fazer alusão ao Menu Iniciar).
Em seguida, é possível fixar o atalho na Barra de Tarefas, de modo que o atalho ocupe o lugar do Botão Iniciar. Tudo o que você deve fazer é clicar com o botão esquerdo do mouse no atalho e arrastá-lo até a barra desejada. Uma mensagem vai aparecer informando que ele vai ser fixado e você simplesmente solta o botão do mouse.
Atalho Menu inciar5
Por fim, você ainda pode arrastar o atalho para a posição que achar melhor dentro da Barra de Tarefas – como a ponta esquerda, por exemplo. Isso é feito clicando com o botão esquerdo do mouse e arrastando entre os ícones de outros programas.

Leia também.
como colocar senha em arquivos ZIP.
como ver um site como ele era antes.
como ver o céu com Stellarium.
como mudar a fonte do Windows Vista.
como melhorar o desempenho do Windows Vista.
como aumentar e colorir legendas.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Como ativar a rolagem suave no navegador

Rolagem suave faz exatamente o que o nome diz, permite que você role uma página no navegador de forma mais suave. No tutorial abaixo você aprenderá a como a função nos principais navegadores do mercado.

Como ativar rolagem suave no navegador

Internet Explorer
Dentro do navegador, clique na engrenagem localizada no canto superior direito e vá em Opções da internet.
rolagem suave no navegador
Na guia Avançadas, você verá a opção Usar rolagem suave na área Navegação. Marque-a e clique em Aplicar.
rolagem suave no navegador
Se você usa a versão mais recente do Internet Explorer, ela já está ativa.
Firefox
Existem duas opções para usar a rolagem suave no Firefox.
No Firefox, clique no botão demarcado e vá em Opções.
rolagem suave no navegador
Na guia Avançado você verá a opção de ativar ou desativar a rolagem suave. Basta clicar dentro do quadrado. O Firefox já vem com a rolagem suave ativa.
rolagem suave no navegador
Se você deseja a possibilidade de configurar como a rolagem suave funciona, pode instalar a extensão Yet Another Smooth Scrolling. Faça o download da mesma no site de extensões para Firefox e instale-a. Ela será ativada a partir do momento que uma nova janela ou aba for aberta.
Google Chrome
Previamente o Google Chrome possuía suporte a rolagem suave direto do navegador, isso não está mais presente para as versões atuais.
Nesse caso você deverá usar uma extensão, a Chromium Wheel Smooth Scrolling. Ela oferece funções similares a versão do Firefox. A extensão se encontra disponível para download na Chrome Store.
rolagem suave no navegador
Chromium Wheel Smooth Scrolling para o Google Chrome
Vale lembrar que caso esteja muito lenta para você, basta clicar com o botão direito em cima do ícone e escolher opções para configurá-la.
rolagem suave no navegador
Opera
A rolagem suave no Opera também é ativável por meio de uma extensão, nesse caso a Classic Scroll. Faça o download, instale-a e ela automaticamente é ativada. Ao contrário da versão para Firefox ou Chrome, ela não oferece opções adicionais.

Leia também.
Como resolver erros do Skype.
Como remover o vírus sality.
Como recuperar o gerenciador de tarefas.
Como desativar as propagandas do Utorrent.
Como fazer cursos Online gratuitos.
Como converter vídeos para RMVB.

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.