terça-feira, 30 de setembro de 2014

Como recuperar documentos do Powerpoint

Este tutorial aborda como recuperar documentos do Powerpoint com a AutoRecuperação.

O Powerpoint, assim como outros programas do Office, oferece o recurso AutoRecuperação. De tempos em tempos, o programa salva versões temporárias de suas apresentações em uma pasta temporárao. Por padrão, ele está ativado em todos os programas da suíte office 2013.
Para verificar, vá em Arquivo e depois em Opções.
Recuperar documentos do Powerpoint
Na Aba Salvar certifique-se que a opção Salvar informações de AutoRecuperação a cada X minutos está ativada, como mostra a imagem abaixo. Caso não esteja, marque-a.
powerpoint-documentos-4
Você pode configurar para que ele faça uma cópia de AutoRecuperação entre 1 ou 120 minutos. Basta alterar o campo demarcado e clicar em Ok.
Recuperar documentos do Powerpoint
Agora que você verificou, imagine que você sem querer começou uma apresentação e esqueceu de salvar, ou até mesmo clicou no botão errado por engano. Na opção Abrir, na parte inferior está a opção Recuperar apresentações Não Salvas. Clique nela.
Recuperar documentos do Powerpoint
Na nova janela que será aberta, você verá toda as apresentações que não foram salvas. Basta selecionar e ir em Abrir.
Vale apontar que as apresentações ficam salvas temporariamente. Após alguns dias dias, elas são apagadas do computador.
Para apresentações que já foram salvas uma vez, mas que as modificações feitas nos últimos minutos não, o processo é diferente.
Vá em arquivo e depois na aba Informações clique em Gerenciar Versões. Clique em Recuperar apresentações não salvas. Ele indicará então qual foi a última versão desse arquivo salva automaticamente pela AutoRecuperação.
Recuperar documentos do Powerpoint
Se a Autorecuperação não estiver ativada, há pouco a ser feito, infelizmente. Alguns programas, como o Powerpoint Recovery, prometem recuperar o documento, mas a garantia disso é bem baixa, já que ele tecnicamente foi apagado de seu HD.
Em último caso, recomendamos usar o Recuva, que é gratuito e faz um ótimo trabalho nesse quesito, já que conta com uma opção para vasculhar por documentos como arquivos do office.
powerpoint-documentos-3
Você pode fazer o download dele em seu site oficial.


Leia também.
como baixar musicas do YouTube.
como converter arquivos de áudio.
como atualizar os servidores do emule.
como utilizar o hijackthis para remover vírus do PC.
como converter arquivo de texto para PDF.
como remover o Windows genuine advantage.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Como usar shaders no Media Player Classic

Os shaders podem ajudar, de acordo com as suas preferências, a qualidade de imagem e cor do vídeo.
Por exemplo, o Sharpen Complex 2 realça os detalhes da cena, enquanto o [SD]->[HD] pode ajudar a resolver problemas de um filme estar muito claro em certos monitores.
Para entender melhor, compare as duas imagens abaixo. A primeira não usa nenhum shader, enquanto a segunda usa o Sharpen Complex 2 e o [SD]->[HD]. Repare como parte da meia do tenista e o chão parecem ter seus detalhes mais bem definidos.

Sem shaders:

Como usar shaders no Media Player Classic
Com Shaders:
Como usar shaders no Media Player Classic
Para habilitar os shaders, Clique em Reproduzir, depois em Shaders e escolha a opção Enable Pre-Resize Pixel Shaders. Outra opção para ativar é o atalho Ctrl+P.
Como usar shaders no Media Player Classic
Agora que estão habilitados, é hora de os escolher. Volte na mesma tela e escolha Selecionar Shaders. Eles são aplicados de dois modos: pré-redimensionamento ou pós-redimensionamento.
Se escolher pré-redimensionamento, os shaders são aplicados em cima do tamanho do arquivo ou DVD / Blu-Ray original.
Exemplo: Um arquivo de vídeo tem a resolução de 1280×720, sua TV tem a resolução de 1920×1080. Os shaders são aplicados ao 1280×720 e depois o player redimensiona a imagem para que caiba na sua TV, ou seja, 1920×1080.
Já os pós-redimensionamento só são aplicados quando você redimensionar a imagem para algo além do tamanho original do arquivo.
Para adicionar o shader, clique primeiro aonde você quer colocá-lo, no pré ou pós-redimensionamento.
Depois clique em Adicionar. Certifique-se que o botão Ativar Shaders está marcado.
Como usar shaders no Media Player Classic
Para excluir um shader é só fazer o mesmo procedimento e escolher Remover.
Adicionar novos Shaders
Adicionar novos shaders é um procedimento um pouco complexo no MPC-HD, por isso, preste atenção.
Existem poucos pacotes de shaders disponíveis. Um deles é o Video Pixel Shader Pack 1.4, que pode ser obtido nesse link.
Após fazer o download, repare que todos os arquivos estão em .txt. Você não precisará copiá-los para uma pasta, mas precisará copiar o conteúdo deles. No tutorial, você instalará o shader Invert do pacote.
Vá no Media Player Classic HD. Selecione Editar Shaders.
Como usar shaders no Media Player Classic
Um shader já pré configurado do programa aparecerá. Na parte superior, digite o nome do novo shader que você deseja. No caso do tutorial, foi usado apenas o nome Novo Shader. Dê Enter.
Você irá reparar que um conjunto de códigos apareceu na tela, não se preocupe, é um procedimento padrão do Media Player Classic
Extraia o Video Pixel Shader Pack e entre na pasta Effects. Dentro dela haverá um arquivo chamado invert.txt, abra-o. Repare que existem onze linhas com “//” no início delas. Elas não precisam ser copiadas. Copie a partir do sampler s0; e cole em cima dos códigos que apareceram no editor de Shaders.
Como usar shaders no Media Player Classic
Atenção: Selecione os códigos anteriores e aperte delete ou backspace antes, assim você garante que não sobraram vestígios. Se o alerta D3DXCompileShader succeeded apareceu, o Shader foi adicionado corretamente dentro do programa e já poderá ser usado.
Como usar shaders no Media Player Classic
Não há um limite de quantidade de shaders que pode estar ativa durante a reprodução de um vídeo, mas é recomendavel não colocar muitos e testar de pouco em pouco para ver quais são os que mais te agradam.

Leia também.
como colocar senha em arquivos ZIP.
como ver um site como ele era antes.
como ver o céu com Stellarium.
como mudar a fonte do Windows Vista.
como melhorar o desempenho do Windows Vista.
como aumentar e colorir legendas.


sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Como alterar mecanismo de busca padrão no navegador

Este tutorial aborda como alterar mecanismo de busca padrão dos principais navegadores existentes.

Como mudar no Internet Explorer 11
O mecanismo de busca padrão no IE11 é o Bing. Para alterá-lo, clique na engrenagem e vá em Gerenciar Complementos.
Alterar mecanismo de busca padrão
Na opção Tipos de Complemento, clique em Provedores de pesquisa. Na parte inferior, aperte em Localizar mais Provedores de pesquisa.
Alterar mecanismo de busca padrão
Uma nova janela do Navegador será aberta com os serviços disponíveis para o Internet Explorer. Caso queira usar o Google, por exemplo, clique em cima dele e na próxima janela em Adicionar ao Internet Explorer.
Alterar mecanismo de busca padrão
Na janela de confirmação, marque Tornar esse provedor de pesquisa padrão.
Alterar mecanismo de busca padrão
Clique em Adicionar. Pronto! Agora o mecanismo foi modificado.
Para alterar de volta para o Bing, na janela Provedores de pesquisa, selecione o Bing e aperte em Definir como padrão.
Alterar mecanismo de busca padrão
Como mudar no Google Chrome
No Chrome, vá no ícone determinado na imagem abaixo e clique em Configurações.
Alterar mecanismo de busca padrão
A mudança é feita na parte Pesquisar. O Google já conta com mecanismos de pesquisa salvos, como por exemplo, o Bing.
Clique na seta e altere para o Bing. Pronto, agora as pesquisas realizadas dentro do navegador usarão o site.
Alterar mecanismo de busca padrão
Caso queira adicionar um mecanismo de busca adicional, vá em Gerenciar mecanismos de pesquisa. Na parte Outros mecanismos de pesquisa, adicione o nome do mecanismo de busca, sua palavra-chave e endereço.
Observe abaixo o exemplo de como ficaria se você quisesse colocar o DuckDuckGo para buscas. Após isso, clique em Concluído.
Alterar mecanismo de busca padrão
Como mudar no Firefox
A partir do Firefox 32, o mecanismo de busca pode ser alterado sem entrar nas configurações.
Na barra de pesquisa, localizada ao lado da barra de endereços, existe uma seta. Clique nela.
Ali você verá todos os mecanismos de busca já instalados no navegador. Ao clicar em um deles, o ícone mudará. Esse então será o seu mecanismo de busca padrão para aquela barra ou ao usar a barra de endereços.
Exemplo: Mudar do Google para o Bing
Clique na seta e clique em cima do Bing, o ícone então mudará e o Bing será o mecanismo de busca padrão.
Alterar mecanismo de busca padrão
Como mudar no Opera
Mudar o mecanismo de busca no Opera é muito similar ao Google Chrome. Clique no ícone do Opera e vá em Configurações.
Alterar mecanismo de busca padrão
Desça até a parte Pesquisar. O mecanismo de busca padrão do Opera é o Google, caso queira mudar para o Bing por exemplo, clique na seta e selecione-o.
Alterar mecanismo de busca padrão
Por fim, para adicionar novos mecanismos de busca, vá em Gerenciar mecanismos de busca. Em Outros mecanismos de pesquisa, escolha Adicionar nova busca. Abaixo um exemplo de como ficaria se você adicionasse o Duckduckgo. Clique em Salvar e Feito.




Alterar mecanismo de busca padrão

Leia também.
Como resolver erros do Skype.
Como remover o vírus sality.
Como recuperar o gerenciador de tarefas.
Como desativar as propagandas do Utorrent.
Como fazer cursos Online gratuitos.
Como converter vídeos para RMVB.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Como recuperar fotos deletadas do cartão SD por acidente.

Cartão SD
Férias em família naquela praia badalada sempre rendem muitas fotos. Mais cedo ou mais tarde algum parente pede a câmera digital ou o smartphone emprestado para vê-las antes de você ter passado tudo para o computador. "Ok, fica a vontade", você diz e empresta o gadget. Afinal, o que pode dar errado?
Bom, se o seu parente for alguém desastrado, uma hora ele vai acabar esbarrando naquele botão enorme escrito "Deletar" ou "Formatar" e aí adeus fotos! Mas será que tudo está perdido? Felizmente existem ferramentas que permitem recuperar arquivos acidentalmente apagados de dispositivos de armazenamento, mas é necessário atentar para alguns detalhes importantes.

Formatar x Excluir

Como sabemos, existem duas maneiras de eliminar dados de dispositivos de armazenamento: a exclusão comum e a formatação. Dependendo de como os dados foram apagados, a operação de recuperação dos registros pode ser relativamente fácil ou praticamente impossível.
Ao utilizar a opção de exclusão, o sistema apenas diz que aquele espaço onde antes ficava uma foto pode ser usado para armazenar outros arquivos. Uma foto excluída deixa de aparecer na sua listagem de arquivos, mas ainda é possível recuperá-la com relativa facilidade usando uma ferramenta específica para isso.
Ao formatar um dispositivo de armazenamento, uma varredura é feita apagando qualquer vestígio de tudo que já foi salvo no dispositivo. Como essa varredura sobrescreve os espaços onde antes os arquivos eram armazenados, sua posterior regeneração é muito mais difícil, requerendo métodos mais complexos de recuperação.
Então, se por acaso suas fotos foram apagadas da câmera digital ou do cartão de memória do seu smartphone usando formatação, adeus fotos! Caso contrário, se você apenas apagou as fotos, eis uma maneira de recuperá-las.

Passo a passo

Você vai precisar de um leitor de cartões, um computador, um software de recuperação de dados como o Recuva (gratuito) que utilizaremos, o cartão de memória em questão e uma boa dose de paciência.
Em primeiro lugar, pare de usar a câmera imediatamente: evite sobrescrever o cartão apagado novas fotos. Assim será mais fácil recuperar as fotos apagadas acidentalmente. Retire o cartão de memória do dispositivo e o insira em um leitor de cartões.
Cartão SD - 02
Insira o cartão SD em uma porta disponível no computador (geralmente notebooks já vem com leitor de cartões próprio ou os próprios cartões SD já vem com leitores de cartão SD ou USB/SD na embalagem).
Faça o download do Recuva e o instale no seu computador com Windows. Dê dois cliques em seu ícone para iniciá-lo. Na tela inicial clique no menu dropdown, selecione o dispositivo removível correspondente ao seu cartão e clique no botão "Verificar".
Aparecerá na lista da esquerda uma lista com todas as fotos e demais arquivos encontrados pelo Recuva, cada um acompanhado de um ícone colorido indicando o respectivo nível de fragmentação. Um ícone vermelho indica um arquivo altamente degradado e sua recuperação pode ser impossível ou resultar em um arquivo danificado. Um ícone verde indica altas chances do arquivo ser 100% recuperado. Um preview de cada arquivo pode ser visto à direita da janela.
Recuva
Selecione as fotos que deseja recuperar clicando nas caixas correspondentes e, após isso, clique no botão "Recuperar...". Uma boa prática no processo de recuperação é salvar os arquivos recuperados em um lugar diferente da origem dos arquivos para evitar que os dados a serem recuperados se degradem ainda mais. Assim sendo, o Recuva abre uma janela para que o usuário escolha o local de destino dos arquivos recém-recuperados. Faça sua escolha e clique em "OK".
Recuva - 02
Ao final do processo suas fotos estarão recuperadas e prontas para serem usadas. Aproveite!
comercial de nossa produção.

Leia também.
como remover o Windows Genuine Advantage.
como recuperar senhas.
como remover vírus,spywares,trojans e rootkits do PC.
como usar o photoshop grátis.
como resolver problemas de travamento e desligamento do PC.
como recuperar arquivos apagados do PC.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Como Instalar e configurar o XBMC

Este tutorial mostra como instalar e configurar o XBMC, aplicativo que transformar o seu PC em um Media Center.

Para quem não conhece, o XBMC é um aplicativo que transforma o seu PC em um Media Center. Muito útil para aqueles que querem ter um computador na sala para assistir vídeos ou ouvir música.
Ele é gratuito e tem versões para Windows, OSX e Linux. Acesse o site oficial para fazer o download.
Após instalado, você verá uma tela como essa.
configurar o XBMC
Vá na opção System e clique em Settings.
configurar o XBMC
Dentro do Settings, escolha Appeareance e International.
configurar o XBMC
Clique onde está escrito Language e altere para Portuguese ( Brazil) para fazer com que o programa fique em português.
configurar o XBMC
Criar bibliotecas de música e vídeo
Para criar uma biblioteca de vídeos, vá em Video e clique na parte inferior denominada Arquivos.
configurar o XBMC
Na tela seguinte, clique em Adicione Vídeos.
configurar o XBMC
Ele pedirá uma fonte de mídia. Clique em Navegar.
configurar o XBMC
Vá até a pasta onde os vídeos estão salvos, no caso do tutorial, a pasta C:/Filmes. Clique em OK. Ele gerará um nome na parte Digite um nome para a mídia de Origem baseado no nome da pasta.
Caso queira, clique em cima para altera-lo. No caso do tutorial, foi alterado para vídeos. Clique em OK para finalizar.
configurar o XBMC
Na próxima tela você irá definir qual é o conteúdo da pasta. Isso é feito na parte Este diretório Contem. Por exemplo, você tem um filme nessa pasta. Clique na seta e aperte nela até aparecer Filmes.
configurar o XBMC
Ao fazer isso, o XBMC passará a fazer uma varredura na pasta e adicionará informação sobre os filmes, como capa, sinopse e elenco, contido nelas.
O processo descrito acima serve tanto para música como filmes e vídeos. Para garantir que a sua biblioteca esteja sempre atualizada, volte para a parte Sistema, vá em Configurações, depois Vídeo.

Na guia Coleção, marque a opção
Atualizar coleção ao Inicializar.
configurar o XBMC
Instalar Addons
Outra funcionalidade do XBMC é o suporte a Add-ons, todos instaláveis direto do programa. Essa opção se encontra na parte de Configuração -> Add-ons. Para instalar um clique em Obter Add-nos.
configurar o XBMC
Exemplo: Adicionar suporte ao Youtube
Após clicar em Obter Add-Nos, vá em XBMC.org Add-ons.
configurar o XBMC
Escolha Add-Ons de vídeo. Desça a lista até encontrar o Youtube e de um clique com o botão esquerdo do mouse nele. Selecione Instalar.
configurar o XBMC
Ao finalizar, ele aparecerá como ativado ao lado.
configurar o XBMC
Você poderá encontrar o Youtube na parte Add-Ons da parte Vídeos.
configurar o XBMC
Existem muitos outros Add-Ons, que vão de letras das músicas, Rádio Online com o TuneIn Radio ou até Mesmo Netflix. Todos esses são adicionados com o mesmo procedimento.
Compartilhar bibliotecas
Se você possui dois ou mais PCs em rede, o XBMC permite que você compartilhe a biblioteca entre eles. Vale lembrar que em cada PC que queira usar a função, terá de ter o programa instalado.
Vá em Sistema -> Configurações. Selecione a opção Serviços
Dentro de serviços, escolha UPnP e marque a opção Compartilhar coleções de vídeos e música através do UPnP.
configurar o XBMC
No computador que fará o stream do conteúdo, vá na parte de Vídeos e em Adicionar Vídeos. O processo é igual ao feito para adicionar uma biblioteca de vídeo que está no PC, porém deve-se escolher a opção UPnP devices, como mostra a imagem abaixo.
configurar o XBMC
Mudar a Skin do XBMC
Assim como os Add-Ons, o XBMC conta com uma biblioteca online de skins. Para acessar, vá em Sistema -> Configurações e escolha Aparência.
Clique onde está escrito Skin.
configurar o XBMC
Você verá as duas skins que vem com o XBMC. Clique em Obter Mais. Uma tela será aberta com as skins disponíveis no momento. No exemplo do tutorial, foi feito o download da Skin Aeon Nox.
configurar o XBMC
O procedimento é o mesmo de fazer download do Add-On do Youtube. Clique em cima com o botão esquerdo e vá em Instalar. Após o download ser concluído, o XBMC perguntará se você quer alterar a skin naquele momento. Clique em Sim.
configurar o XBMC
Pronto! A sua skin foi trocada.
configurar o XBMC


leia também.
skins para msn.
como usar o scaner de boot do avast para remover virus da memoria.
como gerenciar complementos.
como baixar musicas do youtube.
como colocar senha nos documentos do word.
como proteger pastas com senha.

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.