sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Como cransferir pastas e arquivos com o Multi Commander

Você precisa transferir pastas e arquivos, mas não quer ter tanto trabalho? O tutorial abordará como usar o Multi Commander para acelerar o processo.

Multi Commander é um gerenciador de arquivos gratuito, com ele você pode copiar, mover ou alterar arquivos com uma vasta opção de atalhos. Você pode o obter no site oficial. Após ser instalado, ele abrirá uma interface com duas abas. Cada uma delas apontada para o C:. É nela que você fará boa parte das tarefas.
Transferir pastas e arquivos
Mover objetos ou copiar objetos.
Exemplo: Você quer mover os arquivos de uma pasta para a outra. Selecione a primeira pasta na aba esquerda e a segunda na aba direita.  Clique na opção Move ou no atalho F6.
Transferir pastas e arquivos
O programa pedirá para que você confirme qual é a pasta que deseja mover os arquivos.
Transferir pastas e arquivos
Caso tenha colocado a pasta que receberá os arquivos na aba direita, ela estará no caminho. Clique em OK.
Pronto, agora o programa atualizará e mostrará os arquivos na nova pasta.
O mesmo serve para copiar os arquivos, só que nesse caso você usará a opção Copy.
Extrair arquivos
O Multicommander também oferece a opção de extrair arquivos sem precisar de Winrar, por exemplo.
Exemplo: Você quer extrair um arquivo rar para a mesma pasta. Escolha o arquivo na aba e vá em File e depois em Unpack files.
Transferir pastas e arquivos
Na segunda linha você decidirá qual pasta que receberá os arquivos. No caso, a mesma. Clique em OK. Pronto, os seus arquivos estão extraídos.
O mesmo funciona na hora de criar arquivos empacotados. O multicommander suporta apenas arquivos Zip, 7zip e tar.
Selecione os arquivos desejados e vá em File e depois em Pack. Escolha um dos perfis de empacotamento. O modelo Internal Zip (low) oferece o mínimo de compressão, enquanto o modelo Internal Zip (high) oferece o máximo.
No caso do tutorial, foi usado o Internal Zip (low) e o arquivo salvo na mesma pasta.
Transferir pastas e arquivos
Clique em Ok. Uma barra de progresso será mostrada até o processo ser finalizado.
Comparando pastas e filtragem
Uma funcionalidade muito útil quando se quer achar um arquivo dentro de uma pasta muito grande são os filtros.
Eles são localizados na parte inferior do programa. Os filtros padrões incluem esconder arquivos DLL (Hide DLLs) , esconder executáveis (Hide Executables) ou esconder pastas (Hide Folders).
Transferir pastas e arquivos
Ele também inclui filtros adicionais. Por exemplo, você quer achar apenas os executáveis.  Pressione o Shift e clique em Show Excecutables.
Transferir pastas e arquivos
A aba em questão será filtrada e mostrará apenas os executáveis da pasta.
Já para marcar quais são os arquivos mais recentes do PC, Clique no ícone que parece uma palheta de cores e vá em Apply color Filtering.
Transferir pastas e arquivos
Por padrão, os arquivos que estiverem marcados em verde foram modificados hoje, por exemplo.
Transferir pastas e arquivos
Você pode adicionar regras, caso desejar. Vá no mesmo ícone e escolha File Coloring Rules Editor.
Transferir pastas e arquivos
Clique no ícone demarcado, chamado Add New Rule.
Transferir pastas e arquivos
Vamos dizer que você quer um filtro de arquivos JPG que foram modificados nessa semana. No nome da regra (rule name) coloque Arquivos modificados.
No primeiro campo Field escolha Date, o campo Match coloque Is e o valor (Value) This Week, como mostra a imagem abaixo.
Transferir pastas e arquivos
Com isso, o filtro pegará apenas arquivos modificados essa semana, mas ainda não filtrará apenas os arquivos jpg.
No campo abaixo do modificador AND, coloque Extensions part Is e escreva JPG, como mostra a imagem.
Transferir pastas e arquivos
Agora ele vai listar arquivos modificados nessa semana e que são da extensão jpg.
Por fim, coloque a cor do texto como vermelha e ele em negrito e itálico. Para escolher a cor, clique em Pick Color. Agora clique em Save.
Transferir pastas e arquivos
Clique novamente na palheta e vá em Refresh file Coloring for All Files and Folders.
Transferir pastas e arquivos
Com isso os arquivos que se encaixarem na categoria acima estarão marcados como foi configurado.
Instalar o Multi Commander em um dispositivo USB
Para facilitar o uso do Multi Commander em muitos computadores, o programa conta com a opção de instala-lo em um pendrive.
Para isso, vá em Help e depois Install Multi Commander to USB Device.
Transferir pastas e arquivos
Clique nos três pontos para determinar o caminho o qual o programa usará para ser instalado.
Transferir pastas e arquivos
Clique em OK e aguarde o processo ser finalizado. Pronto! O multi Commander está instalado em seu pendrive.


Leia também.
como verificar a memoria RAM a procura de erros.
como proteger pastas com senha.
como ganhar dinheiro na Internet.
como hospedar um site na Internet.
como gravar vídeo da webcam do msn.
como desativar scripts do messenger plus live.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Como Alterar cor de objeto no Photoshop

A primeira coisa que você tem de fazer é selecionar qual parte da imagem você quer modificar a cor. Para isso você pode usar a ferramenta Wand ou a máscara rápida.
Para usar a ferramenta Wand, clique no ícone abaixo ou na tecla W, que é seu atalho.
Alterar cor de objeto
Posicione o mouse em cima do objeto e clique uma vez. Repare que apenas um pedaço do objeto será selecionado.
Alterar cor de objeto
Segure o Shift e clique com o botão esquerdo novamente. Mais um pedaço será adicionado a seleção. Faça isso até que toda a área desejada esteja selecionada.
Já para a máscara rápida, clique no ícone e selecione a ferramenta Brush (atalho: B).
Alterar cor de objeto
Pinte a região desejada, repare que ela fica em vermelho.
Alterar cor de objeto
Clique de novo na ferramenta para mostrar a seleção. Agora clique com o botão direito em cima da seleção e vá em em Select Inverse.
Alterar cor de objeto
Essa etapa é necessária pois como você pintou o objeto, o Photoshop entende que as áreas que você não quer usar serão as selecionadas. Então é preciso inverter a seleção. No caso da imagem abaixo, o carro.
Agora vá no ícone de Filtros e selecione Hue / Saturation.
Alterar cor de objeto
Como você já tem uma seleção pronta, esse filtro será aplicado.  Na primeira opção, você selecionará a cor, já na segunda à saturação dela.
Exemplo: Observe o carro com o Hue +133 e a Saturation em + 66.
Alterar cor de objeto
Evite aumentar demais a Saturation, pois poderão aparecer defeitos na tela.
Uma segunda maneira de alterar a cor de um objeto no Photoshop é aplicar a cor diretamente na seleção por meio de uma nova camada.
Primeiro, com a seleção feita, Crie uma nova camada.
Selecione a ferramenta balde de tinta (Paint Bucket, atalho: G) com a cor desejada e clique em cima da seleção. De início vai parecer como a imagem abaixo.
Alterar cor de objeto
Altere o estilo de camada para Soft Light, como mostra a imagem abaixo.
Alterar cor de objeto
Repare que agora apresenta uma cor muito mais realista.
Alterar cor de objeto


 Leia também.
como fazer skins (mascaras) para MSN.
como dividir um arquivo em partes.
como converter vídeos para RMVB.
como criar uma lista em ordem alfabética no Word.
como remover o Windows messenger do PC.
como ver um site como era antes.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Como bloquear anúncios do AdSense

Praticamente todos os sites da web mostram anúncios do AdSense, pois esse sistema do Google pode ser bastante lucrativo para o site – principalmente para o próprio Google.
O AdSense funciona de maneira muito simples: basta o site acrescentar algumas linhas de código no template das suas páginas, e os banners automaticamente aparecerão ali. Daí cada vez que o banner é clicado, o crédito que o anunciante tem com o Google diminui alguns centavos (que é o custo do anúncio) e uma pequena parte desse crédito é pago ao site.
Isso permite que o custo do anúncio com AdSense seja relativamente baixo, pois com poucos reais é possível publicar um anúncio que aparecerá em vários sites. O Google lucra com isso (pois o anunciante pagou ao Google para anunciar em sua rede), o anunciante também tem vantagens (pois ele tem a chance de vender o produto/serviço anunciado), e o site também ganha com isso (pois ele recebe uma porcentagem do que o anunciante pagou ao Google).
Quem não ganha nada é o internauta.
Como bloquear anúncios do AdSense
AdSense transformou a internet em outdoor, e qualquer porcaria aparece – basta pagar o Google
Antes do AdSense, um site ganhava dinheiro com campanhas de marketing de agências de publicidade (JWT, Wunderman, McCann..) ou diretamente dos anunciantes. Isso ajudava a manter a qualidade da internet, pois somente sites relevantes e com conteúdo interessante ganhavam dinheiro dessa maneira, enquanto sites ruins não tinham anúncios e nem sempre conseguiam se manter no ar.
Mas daí o AdSense chegou, e em pouco tempo a internet começou a se degradar: qualquer um pode anunciar, e qualquer site pode ganhar dinheiro com isso. A qualidade deu lugar à quantidade e ao lucro a todo custo, e hoje em dia qualquer site deplorável torna-se lucrativo com a parceria do Google, infestando a internet com conteúdo de baixo nível.
E para você receber “anúncios relevantes” em todos os sites que você visita, o AdSense te persegue inexoravelmente. Exemplo: entre no site da Porsche, e a partir daí todos os sites relacionados a carros que você visitar e tiver AdSense ali mostrará algum banner da Porsche. Entre em um site de viagens e você será perseguido na web por banners que tentam te vender passagens e descontos em hotéis.
Como o Google vive de venda de banners, a “jóia da coroa” do monitoramento e falta de privacidade é o Gmail, pois todas as mensagens que você recebe e envia por ele são lidas e analisadas pelo Google para que você tenha “anúncios relevantes” em todos os sites que você visita. Mais pavoroso, impossível.
Como bloquear anúncios do AdSense - Google espionando
Google em ação ;)
O AdSense também é de longe a melhor maneira de infectar o computador de internautas com programas vagabundos tipo “leitor gratuito de PDF”, “media player gratuito” cujos banners pipocam em todos os sites, e que na prática servem apenas para instalar malwares, adwares e programas nocivos no computador do internauta.
Obviamente o Google faz “vista grossa” para isso pois não quer deixar de lucrar com eles. Como eu sou dono de um site e fórum que utilizaram AdSense por muitos anos (você notou que não temos mais banners “tapa-buraco” do AdSense?), eu sei que é IMPOSSÍVEL bloquear esse tipo de “anúncio”: por mais que você bloqueie o anunciante ou a agência que publica o banner, todo dia aparecem novos banners e anunciantes. 
Eu não sou contra o AdSense em si, afinal os banners são uma importantíssima fonte de renda para os sites, mas sou contra a impossibilidade de bloquear todos os banners que anunciam algum programa para download, o abuso deles (há sites com mais banners do que parágrafos de texto) e principalmente o constante “monitoramento dos hábitos” para entregar “anúncios relevantes” – que nada mais é do que espionar o que fazemos na web para entupir as páginas com banners chatos e repetitivos dos mesmos anunciantes.
É claro que você também tem os seus “hábitos monitorados” quando está no Google+, Facebook etc. pois simplesmente não existe privacidade na web, mesmo que você não faça login em nenhum site.

Como bloquear anúncios do AdSense

Bem, depois dessa ladainha toda, vamos ao que interessa: como bloquear anúncios do AdSense que aparecem em todos os sites?
A maneira mais simples é bloqueá-los diretamente no Windows, pois desta maneira eles jamais aparecerão independentemente de qual navegador você utiliza. Para fazer isso, siga os passos abaixo:
1. Clique com o botão da direita do mouse no Bloco de Notas > Executar como Administrador > clique em Sim
Como bloquear anúncios do AdSense - Passo 1
2. Clique no menu Arquivo > Abrir e navegue até a pasta \Windows\System32\Drivers\etc
3. Clique na opção Todos os Arquivos à direita e aparecerão vários arquivos na janela principal:
Como bloquear anúncios do AdSense - Arquivo HOSTS
4. Dê um duplo-clique no arquivo hosts e ele será aberto:
Como bloquear anúncios do AdSense - Arquivo HOSTS 2
5. Depois da última linha que começa com #, adicione o texto abaixo:
127.0.0.1 *.adservices.google.com
127.0.0.1 *.adwords.google.com
127.0.0.1 *.googleads.g.doubleclick.net
127.0.0.1 *.googleadservices.com
127.0.0.1 *.google-analytics.com
127.0.0.1 *.googlesyndication.com
127.0.0.1 imageads.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads1.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads1.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads2.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads3.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads4.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads5.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads6.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads7.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads8.googleadservices.com
127.0.0.1 imageads9.googleadservices.com
127.0.0.1 pagead.googlesyndication.com
127.0.0.1 pagead2.googlesyndication.com
127.0.0.1 partner.googleadservices.com
127.0.0.1 ssl.google-analytics.com
127.0.0.1 *.googleads.g.doubleclick.net
O arquivo ficará desta maneira:
bloquear-adsense-4
6. Clique em Arquivo > Salvar
7. Pronto! A partir de agora os banners do AdSense não aparecerão mais.
OBSERVAÇÃO 1: Bloquear anúncios do AdSense não afeta o acesso aos sites do Google como o site do próprio AdSense, Analytics, Webmaster Tools, etc. Além disso, a lista acima bloqueia APENAS banners do AdSense, não afetando banners de outros sistemas e anunciantes.
OBSERVAÇÃO 2: Se ao abrir esse arquivo hosts ele tiver uma lista imensa de sites desconhecidos, possivelmente o seu computador está infectado com vírus. Nesse caso utilize o nosso serviço gratuito de verificação/eliminação de vírus e malware do Fórum do BABOO
OBSERVAÇÃO 3: Como você notou, o arquivo hosts permite bloquear sites redirecionando-os para outro lugar (127.0.0.1 é o seu próprio computador) e isso pode ser muito útil para bloquear sites utilizados por vírus, worms, adwares e outros. Este site tem informações interessantes e principalmente um imenso arquivo hosts com milhares de sites bloqueados atualizado constantemente. Você pode copiá-lo e colá-lo no seu arquivo hosts.
OBSERVAÇÃO 4: Você pode bloquear qualquer site pelo arquivo hosts. Exemplo: para bloquear o Facebook, adicione as linhas abaixo:
127.0.0.1 login.facebook.com
127.0.0.1 www.facebook.com
127.0.0.1 blog.facebook.com
127.0.0.1 apps.facebook.com
127.0.0.1 facebook.com
OBSERVAÇÃO 5: Complementando o artigo que mostra como o Google e sites de download infectam computadores dos internautas, veja como é simples bloquear o acesso ao Baixaki seguindo o passo-a-passo acima:
127.0.0.1 baixaki.com.br
127.0.0.1 www.baixaki.com.br


Leia também.
como baixar musicas do YouTube.
como gravar um vídeo da webcam do MSN.
como colocar brushes no photoshop.
como mudar o idioma do hotmail.
como desinstalar o AVAST antivírus.
como aumentar a memoria virtual do PC.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Como apagar todos os dados do seu Android antes de vender ou trocá-lo

android
A crescente popularização dos smartphones faz com que seus usuários os troquem cada vez mais por modelos mais novos ou mais avançados. O problema é que essa decisão também implica numa tarefa que muita gente não sabe como fazer, que é apagar todos os dados do gadget, sejam eles aplicações, mensagens, fotos, vídeos etc.
Portanto, se você está pensando em vender, trocar ou até mesmo doar o seu dispositivo Android, antes é bom eliminar todos os dados dele para que o novo proprietário não tenha acesso a nenhuma informação pessoal.
Basicamente há duas formas de fazer isso, sendo a primeira delas no próprio Android e a última através do Gerenciador de Dispositivos Android.

Apagando tudo a partir das configurações do Android 

Apagar todos os dados a partir do próprio Android é o método mais fácil de todos. Para isto, acesse o menu "Configurações" do seu aparelho e procure pela opção "Fazer o backup e redefinir" que geralmente fica na aba "Contas". Dependendo do aparelho e/ou da versão do Android instalada no seu dispositivo, essa opção pode ter um nome diferente.
Acesse as configurações do seu dispositivo Android e procura pela opção de backup e redefinição do sistema. O nome da opção no menu pode variar dependendo do modelo do aparelho e da versão do sistema instalada
 (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira) 
Na tela que aparece, escolha a opção "Restaurar padrão de fábrica" e confirme sua formatação na opção "Zerar dispositivo".
Confirmar a restauração do aparelho significa perder todas as informações armazenadas nele, incluindo mensagens, agenda de contatos, fotos, vídeos etc. Certifique-se de ter feito backup de todas as coisas importantes antes de selecionar
(Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira) 
Agora tome cuidado, pois esta ação é irreversível e você perderá todos os dados, fotos, vídeos e mensagens armazenados no seu telefone. Certifique-se de executar esta tarefa apenas depois de fazer o backup de tudo.

Apagando tudo a partir do Gerenciador de Dispositivos Android 

Se por algum motivo você já não tem acesso ao dispositivo Android e ele continua associado à sua conta do Google, o Gerenciador de Dispositivos Android surge como a opção perfeita. Com ele, podemos apagar todos os dados do aparelho, bloquear e alterar a senha de desbloqueio.
Para isto, o primeiro passo é acessar sua conta na Google Play Store. Uma vez autenticado à sua conta, clique na engrenagem no canto superior direito da tela e logo em seguida selecione a opção "Gerenciador de dispositivo Android".
Para acessar o Gerenciador de Dispositivos Android na Play Store basta clicar na engrenagem no canto superior direito da página da loja virtual
(Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira) 
Na janela que se abre, selecione o dispositivo em questão e depois clique em "Apagar" para limpá-lo completamente.
Selecionar a opção (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira) 
Pronto, com isso todos os dados são removidos do dispositivo Android e ninguém poderá acessá-los sem permissão.

O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Como ocultar seu perfil no Facebook para sites de busca? Matéria completa: http://canaltech.com.br/tutorial/facebook/Como-ocultar-seu-perfil-no-Facebook-para-sites-de-busca/#ixzz3BQ8Zuy9A O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.


Facebook
A maior rede social do mundo, o Facebook, é um ótimo site para interagir com seus amigos por meio de compartilhamento de fotos, comentários e mensagens. Mas talvez você não queira divulgar para desconhecidos seus dados pessoais contidos em seu perfil. Por isso, o Facebook disponibiliza uma funcionalidade para que seu perfil não apareça em sites de busca como Google ou Bing.
É bem simples ativar essa funcionalidade, aumentando a privacidade de sua conta no Facebook. Basta seguir alguns passos.
1. Acesse as configurações de seu perfil
Para iniciar o processo você deve acessar as configurações de seu perfil no Facebook. Para isso clique na seta no canto superior direito e selecione a opção "Configurações".
Facebook - Privacidade
2. Acesse o menu "Privacidade"
Após concluir a etapa anterior, clique no menu "Privacidade" ao lado esquerdo da tela. Agora, ao final da página, você verá a opção: "Você deseja que outros mecanismos de busca exibam um link de sua linha do tempo?". Clique em "Editar" para realizar as alterações.
Facebook - Privacidade
3. Desmarque a opção e confirme
Agora você deve desmarcar a opção "Permitir que outros mecanismos de busca exibam um link para a sua linha do tempo" [1]. Assim que desmarcar a opção, uma janela será exibida pedindo a confirmação do processo. Clique em "Confirmar" [2] para prosseguir.
Facebook - Privacidade
Após finalizar os passos acima seu perfil não estará mais disponível para não-usuários do Facebook, que tentarem acessá-lo por meio do Google ou de qualquer outro mecanismo de busca. Uma imagem semelhante à demonstrada abaixo será exibida para estes usuários.
Facebook - Privacidade

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Como monitorar a temperatura do PC

Esse tutorial mostra como você pode usar o HWMonitor e outros programas para monitorar a temperatura do computador.

O Hardware monitor é bem simples de ser usado. Disponível em seu site oficial, ele conta com uma versão de instalador e uma versão portátil.
Após instalado, ele já oferece as temperaturas e velocidades dos coolers de seu computador. Mas, como saber qual é a temperatura ideal do seu processador, por exemplo?
Monitorar a temperatura do PC
Como regra geral, é recomendável manter o seu processador em uma temperatura em torno de no máximo 45ºc. As temperaturas limites de cada processador são especificadas no site da empresa, seja um processador Intel ou AMD.
Por exemplo o do processador abaixo tem o limite de 100ºc. Vale lembrar que isso não significa que ele deve rodar nessa temperatura. Uso prolongado em uma temperatura com 100º pode causar danos ao processador.
Monitorar a temperatura do PC
O HWMonitor oferece o valor atual do processador, qual foi a mínima e qual foi a máxima registrada. No caso, um i5-2500k no momento opera em uma temperatura média de 37º e a máxima registrada foi 39º.
Caso queira reiniciar esses contadores de mínimo e máximo, vá em View e depois Clear Min / Max.
Monitorar a temperatura do PC
O que fazer no caso de um processador que opera em níveis mais altos do que se espera? Nesse caso, o melhor a se fazer de início é limpar o cooler do processador. Vale lembrar que há uma área toda voltada a Hardware no Fórum do BABOO que pode te ajudar a o que fazer quando seu computador anda com problemas de alta temperatura.
MSI Afterburner
Outra ferramenta muito boa para quem joga é o MSI afterburner. Assim como o HW Monitor, ele é uma ferramenta de monitoramento de temperatura, mas voltado a jogos.
Ele permite com que seja mostrado um overlay durante a partida com as temperaturas de sua placa de vídeo e processador. Muito útil para monitorar o quanto um jogo específico.
Após fazer o download no site oficial e instalar, abra o programa e clique no botão Settings.
Monitorar a temperatura do PC Nas opções, clique na aba Monitoring.
A parte Active hardware monitoring Graphs lista as opções que o programa suporta. Clique em Show in On-Screen Display para ativar.
Exemplo: Você quer ativar o monitoramento de uso da placa de vídeo. Selecione GPU Usage e clique em Show in On Screen Display.
Monitorar a temperatura do PC
Agora, é hora de ativar o overlay. Altere para a guia On-Screen Display. Haverão três  telas de atalho a serem configuradas: Toggle On Screen Display, Show On Screen Display e Hide On Screen Display. A primeira liga e desliga o overlay. A segunda, ao apertar ativa ele e já a terceira desativa. Essas foram as opções usadas.
Monitorar a temperatura do PC
Pronto, agora da próxima vez que for jogar, é só apertar as teclas que o overlay será ativado.

Leia também.
como colocar senha em arquivos ZIP.
como ver um site como ele era antes.
como ver o céu com Stellarium.
como mudar a fonte do Windows Vista.
como melhorar o desempenho do Windows Vista.
como aumentar e colorir legendas.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Como extrair arquivos de pacotes msi com o Lessmsi

Esse tutorial aborda como você pode acessar o conteúdo e extrair arquivos de pacotes msi com ajuda do Lessmsi.

O Lessmsi é um projeto open source que facilita a visualização de pacotes msi. Para quem não conhece, arquivos com a extensão msi são um pacote de instalação do Windows. Eles contém os arquivos e instruções necessárias para instalar programas no sistema operacional. Normalmente eles vem junto de um executável para a instalação.
Ele pode ser obtido de sua página no Github e não precisa de instalação, ao inicializar o Lessmsi, clique em File e Open.
Extrair arquivos de pacotes msi
Navegue até o arquivo msi que você deseja visualizar e clique em Abrir.
Na primeira aba, você vê uma lista de todos os arquivo contidos dentro daquele msi. Para extrair, selecione com o botão esquerdo e vá em Extract.
lessmsi-7
Para mais de um arquivo, segure shift e clique com o botão esquerdo do mouse para uma seleção que vai de um arquivo a outro.
Já o ctrl + botão esquerdo do mouse permite com que você selecione os arquivos desejados um por um. Para selecionar todos os arquivos presentes, clique em Select All.
A segunda aba, Table View oferece detalhes técnicos do pacote, sobre os comandos para criar atalhos, certificados e etc.
Extrair arquivos de pacotes msi
Para copiar qualquer dado das tabelas, clique na linha desejada, vá em Edit e depois em Copy.
Por fim, a aba Summary oferece um resumo de dados do pacote, como criador, data de criação e por aí vai.
Extrair arquivos de pacotes msi
Outra opção adicional do Lessmsi é adicionar um atalho para o Windows Explorer. Para isso, vá em Edit e em Preferences.
Extrair arquivos de pacotes msi
Clique na primeira opção, como mostra a imagem abaixo. É necessário ter direitos de administrador para prosseguir com a ação.
Extrair arquivos de pacotes msi
Duas janelas do prompt de comando alertando que o procedimento foi feito corretamente, pode fechar elas.
Agora, quando clicar com o botão direito em um arquivo MSI, você verá a opção Explore, para verificar o seu conteúdo ou Extract para extraí-lo.


Extrair arquivos de pacotes msi

 Leia também.
como adicionar emoticons ao msn.
como retirar vírus e spywares do PC.
como utilizar o hijackthis para remover vírus e adwares.
como baixar vídeos do YouTube.
como converter arquivos de video.
como baixar musicas do YouTube.


Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.