sábado, 26 de abril de 2014

Como usar o aplicativo do SkyDrive para Windows

A Microsoft tem investido bastante no SkyDrive, serviço de armazenamento em nuvem integrante da rede Windows Live. O seu funcionamento é baseado em Web,sendo possível interagir com ele simplesmente acessando a página do serviço em qualquer navegador. A fim de facilitar a sua utilização, a Microsoft já havia incluído no Windows 8 um aplicativo baseado na interface Metro, que permite acessar o SkyDrive sem o uso do navegador. Essa semana, a Microsoft liberou um aplicativo baseado em Desktop que, além de funcionar no Windows 8, também é compatível com o Windows 7 e Windows Vista. O aplicativo também está disponível para outros sistemas operacionais como o Mac OS X, iOS e Windows Phone.
A sua principal vantagem é a de controlar os arquivos hospeados na nuvem através do Windows Explorer, como se estivessem em uma pasta comum. Isso torna o processo muito mais transparente e mais ágil.
Para baixar o aplicativo para Windows, acesse skydrive.live.come clique no link Baixe o SkyDrive para o seu dispositivo.
Abaixo da seção SkyDrive para Windows clique em Obter aplicativo.
Por fim clique em Baixar.
Após fazer o download, execute o arquivo de instalação. O processo é automático e não requer a intervenção do usuário.
Terminada a instalação – que é bastante rápida – você verá a tela de boas-vindas, que aparece ao utilizar o aplicativo pela primeira vez.
Clique em Get started e entre com suas credenciais para acessar o SkyDrive.
Na etapa seguinte você definirá em que local ficará a pasta do SkyDrive. Por padrão ela ficará na sua pasta de usuário em C:\Users, mas você poderá clicar em Change e indicar um local de sua escolha.
Quando terminar clique em Next. Na última tela você poderá ativar ou desativar o recurso Fetch your files. Falaremos dele mais adiante. Clique em Done para concluir.
Quando o SkyDrive estiver ativo, você verá o seu respectivo ícone na área de notificação da barra de tarefas.
Ao abrir o Windows Explorer você verá um novo item na seção Favoritos, que dará acesso rápido à sua pasta do SkyDrive.
Para adicionar um arquivo ao SkyDrive, simplesmente arraste-o até o novo atalho.
Ao entrar na pasta você verá um pequeno ícone branco sobreposto ao ícone do arquivo, indicando que ele está sendo sincronizado. Ao término da operação, o ícone ficará verde.
Feito isso o arquivo ficará disponível para acesso na nuvem a partir de qualquer computador ou dispositivo móvel.
Ao clicar sobre o ícone da área de notificação você encontrará algumas opções do SkyDrive.
Open your SkyDrive folder: Visualiza os seus arquivos do SkyDrive na pasta do Windows Explorer;

Go to SkyDrive.com
: Visualiza os seus arquivos do SkyDrive no site do serviço;

Manage storage
: Exibe a quantidade de espaço que você já ocupou com seus arquivos;

Settings
: Abre a janela de configurações do SkyDrive;

Help
: Abre a ajuda do SkyDrive;

Feedback
: Fornece um formulário para que você dê a sua opinião sobre o serviço;

Exit
: Sai do aplicativo.

Ao clicar em Settings você poderá alterar as – poucas – configurações do programa.
A opção Start SkyDrive automatically when I sign in to Windows permite que o SkyDrive inicialize automaticamente com o Windows e deixa a sua pasta pronta para ser acessada.
Já a opção Make files on this PC available to me on my other devices ativa o recurso Fetch files citado anteriormente na instalação.
Fetch files
Como vimos até aqui, para que os seus arquivos estejam acessíveis na nuvem é necessário movê-los para a pasta do SkyDrive. Mas e se você esquecer de mover para lá um arquivo que precisará acessar de outro local? É aí que entra em cena o recurso Fetch files. Ao ativá-lo durante a instalação ou nas configurações do SkyDrive, você poderá acessar remotamente os seus arquivos, mesmo que não estejam na pasta do SkyDrive.
Para acessar os seus arquivos, acesse o site do SkyDrive. Em seguida clique em um computador listado abaixo de Computers.
Por questões de segurança, você precisará digitar um codigo que será enviado para o seu e-mail secundário ou via SMS para o seu celular.
Após digitar o código, o acesso será concedido aos arquivos do seu computador.
Considerações finais
O SkyDrive é um serviço que vem melhorando gradativamente e a adição de um aplicativo Desktop agrega ainda mais valor ao serviço.

Recursos como a integração ao Windows Explorer, que torna o processo muito mais transparente, e o Fetch files, que possibilita o acesso remoto dos arquivos, vêm para facilitar o seu uso além de oferecer mais alternativas para satisfazer as necessidades do usuário.
A disponibilidade para outros sistemas operacionais e dispositivos aumenta a abrangência do serviço deixando o disponível litaralmente em qualquer lugar.
No entanto o SkyDrive possui fortes concorrentes, o que significa que a Microsoft deve continuar se esforçando para inová-lo. Pois só assim poderá acompanhar um segmento em ascensão e cada vez mais disputado.

Leia também.
Como resolver erros do Skype.
Como remover o vírus sality.
Como recuperar o gerenciador de tarefas.
Como desativar as propagandas do Utorrent.
Como fazer cursos Online gratuitos.
Como converter vídeos para RMVB.

Nenhum comentário:

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.