quinta-feira, 27 de abril de 2017

Como entrar no Outlook e Skype sem senha usando o celular

App da Microsoft permite fazer login em vários serviços sem precisar de senha; veja como configurar no smartphone 

O Outlook, Skype e outros serviços da Microsoft oferecem uma maneira mais simples de fazer login. Em vez de usar senha, o usuário pode utilizar o smartphone para entrar na conta. O truque é feito com o app Microsoft Authenticator, programa que normalmente serve para criar uma camada extra de segurança, mas que, em uma atualização recente, passou a ser usado para substituir de vez as suas senhas.
O recuso é interessante porque dispensa ter que memorizar a combinação de números e letras para efetuar login. Usando um celular devidamente autorizado, basta apertar um botão para entrar na conta da Microsoft. Confira o passo a passo de configuração no celular Android ou iPhone (iOS). 
  https://cdn1.tnwcdn.com/wp-content/blogs.dir/1/files/2014/02/outlook_android_3-730x280.jpgComo usar o celular para entrar no Outlook e Skype sem senha 
Passo 1. Baixe e instale o aplicativo Microsoft Authenticator no Android ou iPhone.
Passo 2. Toque em “Adicionar conta” e depois escolha “Conta pessoal” ou “Conta corporativa ou de estudante”. Você precisa ter uma conta da Microsoft criada previamente.
Adicione sua conta da Microsoft (Foto: (Foto: Reprodução/Paulo Alves)) Adicione sua conta da Microsoft (Foto: (Foto: Reprodução/Paulo Alves))Adicione sua conta da Microsoft 
Passo 3. Insira seu e-mail e senha para fazer login – você só precisará fazer isso uma única vez.
Faça login com senha uma única vez no aplicativo Microsft Authenticator (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Faça login com senha uma única vez no aplicativo Microsft Authenticator (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Faça login com senha uma única vez no aplicativo Microsft Authenticator  
Passo 4. Acesse o Outlook ou outro serviço da Microsoft pelo navegador ou aplicativo. Insira seu e-mail e avance. Na tela de senhas, clique em “Use o aplicativo Microsoft Authenticator”.
Entre em serviços da Microsoft com o app Authenticator (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Entre em serviços da Microsoft com o app Authenticator (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Entre em serviços da Microsoft com o app Authenticator 
Passo 5. No celular, você verá uma notificação de entrada na sua conta. Aprove o login e confirme com a senha do celular ou com o dedo, caso o aparelho tenha leitor de digitais.
Aprove o login com a senha do celular ou digital no Microsoft Authenticator (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Aprove o login com a senha do celular ou digital no Microsoft Authenticator (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Aprove o login com a senha do celular ou digital no Microsoft Authenticator  
Usando o app, não é mais preciso decorar sua senha do Outlook, do Skype ou de qualquer outro serviço da Microsoft. A função permite economizar tempo e ainda deixar sua conta mais segura. Caso o smartphone não esteja por perto, é sempre possível digitar a senha para abrir o e-mail de qualquer lugar. 

Leia também.
como fazer um site grátis.
como atualizar os servidores do emule.
como fazer edição de áudio.
como baixar musicas do YouTube.
como baixar vídeos do YouTube.
como converter arquivos de texto para PDF.


quarta-feira, 26 de abril de 2017

Como reinstalar o Windows 10 sem bloatware

Descubra como fazer para reinstalar o Windows 10 sem o Bloatware 

O recurso "Redefinir este PC" volta a máquina para suas configurações padrão de fábrica, e deveria entregar um sistema limpo. Mas como a maioria das pessoas, você provavelmente comprou um PC que veio com o Windows, além de algum bloatware extra. Nesse caso, redefinir irá deixá-lo do jeito que você o recebeu: um sistema operacional com personalizações e algum tipo de software adicional — que pode ser um bloatware irritante, ou drivers. Com isso, terá que conviver com esses programas adicionais ou gastar tempo desinstalando-o. Felizmente, a Atualização de criadores do Windows 10 torna muito mais fácil obter um sistema Windows limpo através do novo recurso "Recomeçar". Aqui você verá como usar essa novidade para deixar seu sistema o mais limpo possível. 
Descubra como fazer para reinstalar o Windows 10 sem qualquer Bloatware (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Descubra como fazer para reinstalar o Windows 10 sem qualquer Bloatware (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Descubra como fazer para reinstalar o Windows 10 sem qualquer Bloatware 
Para uar o recurso "Recomeçar" e deixar seu sistema totalmente livre de softwares adicionais inúteis (bloatware), faça o seguinte:
Passo 1. Primeiramente, clique no menu Iniciar e depois na opção "Central de Segurança do Windows Defender";
Acessando a Central de Segurança do Windows Defender (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Acessando a Central de Segurança do Windows Defender (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Acessando a Central de Segurança do Windows Defender  
Passo 2. Em seguida, clique no ícone de um coração, para acessar a opção "Desenpenho e integridade do dispositivo". Depois, clique no item "Informações adicionais", que fica abaixo do item "Recomeçar";
Acessando as Acessando as Acessando as "Informações adicionais" do recurso "Recomeçar" 
Passo 3. Para começar a usar o recurso "Recomeçar", clique no botão "Começar agora". Quando for questionado, informe as credenciais necessárias ou clique no botão "Sim" para autorizar a execução do recurso;
Clicando no botão Clicando no botão Clicando no botão "Começar agora" para iniciar o o recurso "Recomeçar"  
Passo 4. Na primeira tela do recurso, clique no botão "Avançar";
Iniciando o recurso Iniciando o recurso Iniciando o recurso "Recomeçar"  
Passo 5. Antes de começar a redefinição, o recurso mostrará os aplicativos que serão removidos. Novamente, clique no botão "Avançar";
Visualizando os aplicativo que serão removidos (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Visualizando os aplicativo que serão removidos (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Visualizando os aplicativo que serão removidos  
Passo 6. Agora, para começar a redefinição do Windows, clique no botão "Iniciar";
Iniciando a redefinição do sistema (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Iniciando a redefinição do sistema (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Iniciando a redefinição do sistema 
Passo 7. Aguarde um pouco (e algumas reinicializações) até que o sistema esteja completamente redefinido.
Aguardando a redefinição do sistema (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Aguardando a redefinição do sistema (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo) Aguardando a redefinição do sistema  
Pronto! Depois de algumas mudanças e reinicializações na máquina, seu Windows estará totalmente limpo e livre de Bloatware ou qualquer outro tipo de poluição de software não desejado. Aproveite seu novo (e limpo) sistema operacional. 


terça-feira, 25 de abril de 2017

Como instalar o Windows IoT no Raspberry Pi

 Os Raspberry Pi 2 e 3 contam com suporte oficial da Microsoft e podem rodar o Windows IoT, uma versão do Windows 10 específica para aplicações e projetos construídos em torno do conceito de Internet das Coisas.
O suporte oficial garante a desenvolvedores acesso a documentação e produtos da Microsoft, como a Cortana, novidade que chegou ao Windows IoT na atualização Creators Update. No tutorial abaixo, você vai aprender a instalar o sistema operacional da Microsoft na sua versão específica para os Raspberry Pi 2 e 3.
http://www.outros.net/blog/wp-content/uploads/2015/11/raspberry_pi_b_2_0_0.jpgAprenda como instalar o Windows IoT no Raspberry Pi 
Baixe e instale o Windows IoT Core Dashboard em seu PC com Windows 10 (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Baixe e instale o Windows IoT Core Dashboard em seu PC com Windows 10
Passo 1. A maneira mais fácil de instalar o Windows IoT em um Raspberry Pi é usando o Windows IoT Core Dashboard. Baixe e instale o aplicativo no seu PC.
Clique para configurar um novo dispositivo com o Windows IoT (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Clique para configurar um novo dispositivo com o Windows IoT 
Passo 2. Depois da instalação concluída, abra o Windows IoT Core Dashboard em seu PC. Em seguida, clique em “Configurar um novo dispositivo”.
Preencha os campos de acordo com a imagem (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Preencha os campos de acordo com a imagem 
Passo 3. Na nova tela, defina o “Tipo de Dispositivo” como Raspberry Pi 2 ou 3. Selecione a versão mais recente do IoT disponível e certifique-se de que seu cartão microSD está selecionado em “Unidade”.
Antes de baixar e instalar, você terá que definir uma senha de administrador (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Antes de baixar e instalar, você terá que definir uma senha de administrador
Passo 4. Será obrigatório que você defina uma senha de administrador. Em seguida, aceite os termos e clique em “Baixar e Instalar”.
Você pode acompanhar a instalação pelas barras de progresso (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Você pode acompanhar a instalação pelas barras de progresso 
Passo 5. O download e instalação serão iniciados. Basta aguardar.
Confirme a mensagem e espere a cópia do sistema para o cartão de memória (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Confirme a mensagem e espere a cópia do sistema para o cartão de memória
Passo 6. Depois de alguns minutos, você verá uma mensagem de confirmação. Em seguida, o Windows copiará os arquivos para o cartão microSD.
Tela avisa que a instalação está concluída e que você já pode rodar seu cartão no Raspberry Pi (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Tela avisa que a instalação está concluída e que você já pode rodar seu cartão no Raspberry Pi 
Passo 7. Quando chegar na tela mostrada na imagem acima, seu cartão estará pronto para voltar para o Raspberry Pi.
Windows IoT Core no Raspberry Pi
Windows IoT Core tem interface simples e é fácil de configurar (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)Windows IoT Core tem interface simples e é fácil de configurar
Diferente do Windows 10 para desktops, a edição IoT do sistema conta com interface bem simples e um processo de configuração que consiste apenas na seleção de idioma e definição de configurações de rede.
Depois da configuração concluída no Raspberry, você poderá encontrá-lo via Meus dispositivos no Windows IoT Core Dashboard (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Depois da configuração concluída no Raspberry, você poderá encontrá-lo via "Meus dispositivos" no Windows IoT Core Dashboard
Assim que você conectar o Raspberry Pi com Windows IoT à sua rede, será possível encontra-lo no Windows IoT Core Dashboard, como mostra a imagem acima.


Leia também.
Como recuperar a senha do Facebook? 
Como esconder pastas no Windows 8
Como gravar vídeos da área de trabalho
Como remover pastas da tela Meu Computador
Como instalar o SwiftKey e outros teclados personalizados no iOS 8?
Como a converter CDs para MP3

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Como instalar o Android no PC

 Mesmo com as diversas opções de execução ou espelhamento do Android no PC Windows ou no Mac OS, uma instalação limpa do sistema com programas como o VirtualBox  é sempre mais simples e prática.
Fazendo desse jeito você pode até mesmo usar o hardware do PC, dentro do Android (Bluetooth, USB e outros). Veja como usar a máquina virtual para ter o sistema operacional móvel no seu computador. No passo a passo abaixo, aprenda como instalar o Android no PC; tutorial definitivo.
Aprenda instalar o Android no PC usando o VirtualBox (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Aprenda instalar o Android no PC usando o VirtualBox
Tutorial definitivo
O tutorial a seguir usa a imagem ISO do Android disponibilizada pelo projeto Android X86 (android-x86.org), especificamente o android-x86-4.4-r1.iso, já que a versão mais recente (android-x86-4.4-r2.iso) apresentou problemas nos testes. Antes de começar, veja como criar no VirtualBox a máquina virtual onde será instalado o Android.
Criando a máquina virtual do Android
Passo 1. Se você ainda não tem, baixe o VirtualBox. Em seguida, instale e execute o aplicativo.
Passo 2. Com o VirtualBox aberto, clique no botão “Novo”;
Clicando no botão Novo do Virtualbox (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Clicando no botão "Novo" do Virtualbox 
Passo 3. Na janela que aparece, digite um nome para a máquina virtual e coloque o sistema operacional como “Linux” e a versão como “Other Linux (32bit)”. Depois, clique no botão “Próximo”;
Dando um nome a máquina virtual (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Dando um nome a máquina virtual
Passo 4. Na próxima tela, coloque 1024 MB de memória RAM (ou mais, se preferir e puder) para o SO. Para prosseguir, clique no botão “Próximo”;
Definindo a quantidade de memória ser usada (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Definindo a quantidade de memória ser usada
Passo 5. Na tela de criação de disco, marque a opção “Criar um disco virtual agora” e siga as instruções do assistente de criação. O tamanho mínimo recomendado de um disco para o Android é 4 GB.
Iniciando a criação de um disco virtual (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Iniciando a criação de um disco virtual 
Baixando a imagem ISO e adicionando na máquina virtual
Passo 1. Faça o download da imagem ISO do Android e salve em uma pasta de sua preferência;
Passo 2. No Virtualbox, clique sobre o nome da máquina virtual criada e depois no botão “Configurações”;
Acessando as configurações da máquina virtual (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando as configurações da máquina virtual
Passo 3. Na janela “Configurações”, clique na opção “Armazenamento”, e depois, no item “Vazio”, que fica abaixo de “Controladora: IDE” no quadro do meio. Então, clique na seta ao lado do ícone do CD e no menu que aparecer, escolha o item “Selecione um arquivo de CD/DVD virtual…”;
Adicionando uma imagem ISO na máquina virtual (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Adicionando uma imagem ISO na máquina virtual
Passo 4. Na janela que será exibida, informe onde está a imagem ISO baixada e, depois, clique no botão “Abrir”. Ao voltar para a tela de “Configurações”, clique no botão “OK” para confirmar as alterações;
Selecionando a imagem ISO a ser usada (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando a imagem ISO a ser usada
Instalando o Android no Virtualbox
Passo 1. No VirtualBox, clique na máquina virtual e no botão “Iniciar”;
Iniciando a máquina virtual (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Iniciando a máquina virtual 
Passo 2. Na tela que aparece, escolha a opção “Installation – Install Android-x86 to harddisk”;
Iniciando a instalação do Android (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Iniciando a instalação do Android 
Passo 3. Na tela seguinte, selecione “Create/Modify partitions” (Criar/Modificar partições) e tecle enter;
Selecionando a opção Create/Modify partitions (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando a opção "Create/Modify partitions"
Passo 4. Use a seta para a direita para navegar para até a opção “New” e pressione Enter;
Criando uma nova partição (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Criando uma nova partição 
Passo 5. A seguir, selecione “Primary” e tecle enter;
Selecionando o tipo de partição (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando o tipo de partição 
Passo 6. Com a partição criada, posicione o cursos em “Bootable” e pressione enter;
Tornando a partição inicializável (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Tornando a partição inicializável 
Passo 7. Por fim, vá até a opção “Write” e tecle enter;
Selecionando a opção de gravação das alterações (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando a opção de gravação das alterações
Passo 8. Depois disso, aparecerá uma pergunta na tela. Digite “yes” e pressione enter;
Confirmando a gravação das alterações (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Confirmando a gravação das alterações 
Passo 9. Voltar para a tela principal, selecione a partição que você acabou de criar e clique em OK.
Selecionando a partição (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando a partição 
Passo 10. Na tela a seguir, selecione a opção “ext3″ e confirme;
Selecionando o formato da partição (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando o formato da partição
Passo 11. Aparecerá uma tela pedindo a confirmação da formatação, para fazer isso, vá em “Yes” e tecle enter;
Confirmando a formatação da partição (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Confirmando a formatação da partição 
Passo 12. Quando aparecer uma pergunta sobre o GRUB, confirme selecionando “Yes” e teclando enter;
Confirmando a instalação do GRUB (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Confirmando a instalação do GRUB 
Passo 13. Depois, selecione “Yes” para instalar o diretório system como leitura e gravação;
Colocando diretório do sistema como leitura e gravação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Colocando diretório do sistema como leitura e gravação
Passo 14. Na última tela, vá na opção “Reboot” para reiniciar a máquina virtual e iniciar usando o Android (não esqueça de remover a imagem ISO).
Reiniciando o sistema para iniciar o Android (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Reiniciando o sistema para iniciar o Android
Pronto! O Android já está instalado e iniciará pedindo para ser configurado com a sua conta Google. Siga as instruções, responda corretamente e em pouco tempo você estará usando o Android em seu PC como se fosse em um tablet. Se você tiver dificuldade para usar o mouse, clique com o botão direito no ícone dele que fica no rodapé da janela da máquina virtual e marque a opção “Desabilitar Integração de Mouse”;


Leia também.
como baixar musica do YouTube.
como usar ferramentas para melhorar seu Windows.
como utilizar o photoshop gratuitamente.
como resolver travamentos e reinicialização do PC.
como saber o modelo da sua placa mãe.
como deixar o PC mais rápido.

Atenção,Aviso Legal.

Todos os direitos autorais reservados.
A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão, multa e indenizações civis .
LEI Nº 9.610
Art. 5º Para os efeitos da Lei, considera-se:
I - publicação - o oferecimento de obra literária, artística ou científica ao conhecimento do público, com o consentimento do autor, ou de qualquer outro titular de direito de autor, por qualquer forma ou processo.
Os donos de blogs ou sites que não respeitam a lei estão sendo notificados,denunciados,tendo seus blogs e sites fechados e processados.
Proibida cópia total ou parcial,e qualquer tipo de reprodução sem autorização em blogs ou sites.
Proibido o uso do nome Como Saber Fazer
O nome Como Saber Fazer é marca registrada e protegido por lei.
Apenas indique a fonte da informação colocando um link para o artigo do blog Como Saber Fazer.
Até agora: 25/06/15.
145 Blogs e
22 sites denunciados.
154 Blogs apagados pelo google.
221 donos de sites e 25 donos de blog respondendo a processos por plágio.
129 vitórias na justiça.
Leia no fim da página o aviso de Copyright.